Um financiamento contra a sociedade de consumo

Desde o dia 9 de janeiro, um anúncio tem aparecido em diversos perfis no Facebook. Trata-se de uma peça irônica que promove um aparelho de som da Gradiente de uma maneira diferente.

Postado pelo estudante de letras da USP, Guilherme Zani, a imagem exibe um texto sarcástico que tenta conquistar alguém que não é lá muito fã da sociedade de consumo e do capitalismo.

No perfil do rapaz, o anúncio já ganhou mais de 4 mil compartilhamentos. 

E se você sabe qual agência criou esta peça, escreva nos comentários.

Confira o texto na íntegra:

"A melhor maneira de combater o sistema é estar por dentro dele.

Comece a sua luta comprando um conjunto de som da Gradiente.

Os amplificadores, receivers, caixas acústicas, toca-discos e gravadores cassete-deck são produzidos por um grupo de capitalistas extremamente lúcidos.

Que sabem que a procura só é boa quando a oferta é muito boa.

Por isso, há mais de 12 anos eles produzem equipamentos de som que oferecem o máximo de fidelidade que um contestador pode exigir (você ouve o Dylan gravado ao vivo como quem está vendo ao vivo; o Belchior gravado como quem está no estúdio).

E oferecem também uma rede de revendedores com os melhores planos de pagamento do mundo ocidental.

Compre um conjunto de som Gradiente financiado em 12 ou 24 meses para ouvir com perfeição as denúncias graves, médias ou agudas de seus cantores de protesto preferidos.

Quem sabe até você acaba chegando à conclusão de que a sociedade de consumo não é tão ruim assim."

Veja o anúncio (clique para ampliar):

Redação Adnews

Deixe seu comentário: