Adeus TV Aberta Analógica. Viva a TV Digital

tv

A TV Aberta analógica foi inaugurada em 1950, com a criação da TV Tupi de São Paulo, canal 3. Depois de 67 anos ela será extinta. A razão é que a tecnologia evoluiu tanto, que não será necessária a utilização do espectro eletromagnético VHF, onde a TV Aberta analógica se propaga.

No final do mês de março, o sinal analógico de televisão poderá ser desligado na cidade de São Paulo. As 24 emissoras de televisão da capital vão encerrar definitivamente as suas transmissões analógicas. Ou seja, toda programação dos canais abertos será transmitida apenas pelo sinal digital.

Neste sentido, para se continuar assistindo a TV Aberta, será preciso ter uma antena específica que capta sinal UHF, frequência utilizada pela TV digital. Evidente que também é necessário um aparelho de televisão preparado para receber o sinal digital. Aparelhos antigos poderão ganhar um conversor externo, que permite capturar o sinal digital, e depois transformá-lo para que estes aparelhos possam ser ainda utilizados, ou seja, compatível com sua TV.

Para as famílias de menor renda, o governo criou um benefício para distribuir gratuitamente conversores. A ideia é que não seja necessária a troca dos aparelhos de TV existentes. Quem for beneficiário dos planos sociais do governo, tais como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e outros, receberão os conversores gratuitamente.

Da mesma forma, dispositivos móveis como celulares e TVs portáteis já podem acessar facilmente a TV digital, isto através do sistema One Seg. Mas o que é isso? Explico: o sistema da TV Digital foi projetado para que cada canal de TV seja dividido em 13 segmentos, com o último segmento o separando do próximo canal. Assim sendo, um sinal de transmissão HDTV ocupa 12 segmentos, deixando o segmento restante (13º) para receptores móveis. Por isso o nome "1seg" (ou "One Seg").

Porém, existe uma regra clara para o desligamento; que o índice de 93% da população digital seja atingido até a data do desligamento. Como São Paulo, até o dia 29 de março, deverá ter atingido apenas 85%, muito possivelmente haverá um novo prazo, provavelmente setembro.

Quem desejar se aprofundar mais no assunto poderá pesquisar no site da entidade Seja Digital (www.sejadigital.com.br) que foi criada por determinação da Anatel e tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Esse processo teve início em abril de 2015 e, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, mais de 1300 municípios terão o sinal analógico desligado até 2018.

Antonio Rosa Neto é presidente da Dainet, primeira empresa especializada em mídia do Brasil e presidente do conselho da ABEMD - Associação Brasileira de Marketing e Dados.

Deixe seu comentário: