Os segredos para ter sucesso com vídeo programático

df

Uma das vantagens no avanço do vídeo programático é a otimização das campanhas publicitárias. Agências e marcas estão aperfeiçoando, dia a dia, estratégias em entregar anúncios para o target certo na hora ideal. Isso é cada vez mais utilizado como método para adquirir espaço publicitário de qualidade e em grande escala.

Diante desse contexto, podemos listar alguns segredos e dicas de como aproveitar melhor essa compra e assim obter mais sucesso com vídeo programático, que oferece às marcas a oportunidade de comprar por meio dos seus Trading Desk, agências ou Private Marketplace.

Em primeiro lugar é importante considerar a utilização do formato vPAID (Video Player-Ad Interface Definition), pois é mais avançado tecnologicamente. Trata-se de um formato no qual podemos adicionar elementos como skip, banners clicáveis etc.  O segundo ponto é a mensuração da campanha utilizando  métricas como VWB e vCPV (Viewable Cost Per View).

Em terceira posição, usar PMPs (Private Marketplaces) para ter mais controle de onde seus anúncios irão aparecer simultaneamente com a segurança da veiculação, como um diferencial, para as marcas. Tecnologia como a da DynAdmic é capaz de fazer a leitura no YouTube e qualquer outro publisher que possua seu player próprio, trazendo mais segurança para a veiculação daquela publicidade.

Por fim, criar estratégias com diferentes modelos de segmentação, Contextual, Data Provider (3rd Party), Retargeting, aproveitando a diversidade de plataformas que temos disponíveis no mercado, sendo um ambiente onde os anunciantes podem aproveitar para criar otimizações mais eficazes com base no local em que o usuário está engajado.

Com isso, podemos afirmar que o vídeo programático oferece infinitas possibilidades para ajudar os anunciantes a alcançar resultados melhores. Agora, cabe aos anunciantes definir as prioridades de acordo com a estratégia de cada campanha e buscar os recursos tecnológicos que melhor atendem às expectativas, além de acompanhar o rendimento da campanha para fazer otimizações que aprimorem os resultados. 

Marcio Figueira é country manager da DynAdmic do Brasil

Deixe seu comentário: