Conheça as novidades do musical.ly, o app que já é febre entre os jovens

As mudanças na comunicação são cada vez mais dinâmicas. Se há alguns anos “estar no topo” significava ser a última pessoa a mandar depoimento no Orkut, hoje com a rapidez do compartilhamento de conteúdos em vídeo a lógica mudou e o ranking das redes sociais que estão em alta também se altera a cada dia.

Uma das provas disso é o crescimento vertiginoso do aplicativo musical.ly. Lançado em abril de 2014 como um protótipo pela dupla Louis Yang e Alex Zhu, a plataforma de criação de vídeos atingiu em poucos anos resultados que chamam a atenção. Tendo como diferencial a edição e a introdução de efeitos em conteúdos curtos, o app foi número 1 na App Store em 2015 e dois anos depois já foi comprado pela chinesa Bytedance por quase 1 bilhão de dólares.

Com a fusão, o dispositivo ganhou mais rodadas de investimentos e se popularizou em novos mercados. Somando 250 milhões de usuários ao redor do mundo, o Brasil está entre os cinco países que mais consomem o app. Só aqui são criados mais de 9 milhões conteúdos na plataforma por mês e isso corresponde a mais de 1 bilhão de visualizações mensais somente no país.

Festa de apresentação das novidades na Creator´s House

Para celebrar seu sucesso e apresentar novas funcionalidades de gravação e edição, o musical.ly em parceria com a CoCreators, agência de marketing de influência, proporcionou uma experiência real para criadores de conteúdo: um dia inteiro de atividades, oficinas e workshops para youtubers e instagrammers soltarem a criatividade.

Confira abaixo um vídeo especial com bastidores, entrevistas e tudo o que rolou no evento:

Para a comemoração, os ambientes da Creator's House, na Vila Madalena, foram transformados em pop-up estúdios para produção de conteúdo de diferentes segmentos como beleza, moda e estilo, dança, culinária e esporte. Lá, os “creators” participaram de workshops sobre edição de áudio e vídeo.

"Nossa experiência em conteúdo e influencer marketing nos ajudou a idealizar cada um dos espaços de acordo com as especificidades de cada um dos segmentos de conteúdo e inspirados nas funcionalidades do musical.ly", afirma Adrianne Elias, CEO da CoCreators, agência responsável pela ação.

Crescimento no país

“Apesar de ser muito conhecido por Lip Sync, o musical.ly tem ferramentas que permitem explorar conteúdos dos mais diversos segmentos que já fazem parte, inclusive, da cultura do brasileiro, não só na produção, mas também no consumo”, completa Raphaela Araújo, gerente de marketing do musical.ly Brasil.

Atentos com o crescimento na região, a empresa investiu recentemente 50 milhões de dólares em um fundo destinado a criação de conteúdo digital na América Latina e Estados Unidos. O montante se concentrará na concessão de bolsas de estudo dentro de universidades com carreiras ou programas relacionados à comunicação, publicação e criação digital. Elas serão atribuídas ao talento que se destaca por sua criatividade e habilidades dentro do aplicativo.

Além das bolsas, a iniciativa também possibilitará a existência de um mercado digital – em que os criadores possam se conectar com as marcas –, a cocriação de conteúdo para parceiros, e a projeção de novos talentos. Diante desta estratégia e dos números crescentes também em solo nacional não será nenhuma surpresa que o app febre no mundo todo também pegue por aqui.

Native Ads

Deixe seu comentário: