Pip divulga um raio-x dos food lovers brasileiros

Recentemente, a comunidade food lovers ganhou uma rede social para chamar de sua: o Pip, uma releitura tecnológica dos antigos cadernos de receita. Na plataforma, além de compartilhar conteúdo, curtir e comentar textos, fotos e vídeos da preparação de pratos, também é possível interagir com perfis de marcas, blogueiros, chefs e celebridades. Baseando-se nas características dos usuários, é possível traçar um perfil dos apaixonados por gastronomia.

Com um volume expressivo de sessões realizadas por usuários recorrentes, já é possível dizer que o Pip faz parte do universo dos food lovers.

O Pip já reúne milhares de pessoas e atrai uma audiência de mais de 30 mil usuários diariamente. A grande maioria é composta por mulheres de 35 a 54 anos, no entanto observa-se que o percentual de jovens interessados por gastronomia aumenta a cada dia. Como o assunto tem sido destaque em grandes veículos e na internet (impulsionado por reality shows como a franquia MasterChef, por exemplo), não é surpreendente que a rede social tenha conquistado quatro vezes mais usuários entre 18 e 24 anos, só no último mês.

Por se tratar de uma rede social que reúne pessoas com um interesse comum, suas taxas de acesso comprovam a fidelização dos usuários, que acessam o app mais de duas vezes na semana. Com um volume expressivo de sessões realizadas por usuários recorrentes, já é possível dizer que o Pip faz parte do universo dos food lovers. A plataforma ainda gera conectividade com outras redes sociais, o que comprova a importância de considerar o cross media no planejamento de comunicação.

Como os usuários têm a oportunidade de conhecer receitas e truques culinários de vários lugares do país e do mundo ao percorrer a timeline, as sessões regularmente geram acesso a mais de uma funcionalidade da rede social.

Cada vez mais marcas procuram a rede social para o plano de mídia.

A combinação destes ingredientes tem sido capaz de abrir o apetite de marcas, veículos e influencers por engajamento. Durante os acessos, os usuários dedicam sua atenção ao que é compartilhado na plataforma e, por isso, os anunciantes têm tido um retorno expressivo de acessos das campanhas realizadas e cada vez mais marcas procuram a rede social para o plano de mídia.

Os amantes da cozinha podem acessar o Pip em sua versão desktop ou levar o universo gastronômico para qualquer lugar, utilizando o app (disponível na App Store e Google Play).

Native Ads

Deixe seu comentário: