ESPM realiza exposição com principais ícones da publicidade

Quando pensamos em marcas como não lembrar do Homenzinho Azul de Cotonetes; da Galinha Azul da Maggi; do Bibendum da Michelin; e do Frango da Sadia? São ícones que marcam porque ocupam espaço significativo na memória afetiva de pessoas de diferentes gerações.

Com a finalidade de resgatar, qualificar e teorizar o que há por trás destes símbolos, mascotes e personagens, o Instituto Cultural ESPM recorreu às coleções de Giacomo Favretto, fotógrafo, e Evandro Piccino, pesquisador e estudioso. Eles preservam acervos com centenas de ícones e participaram da edição do livro e organização da exposição “Ícones que Marcam”, que ficará aberta para visitação no Centro Cultural Fiesp (Av. Paulista, 1.313), entre os dias 17 de novembro e 11 de dezembro, com entrada franca.

Durante a exposição, serão exibidos mais de 140 comerciais de televisão estrelados por personagens marcantes como o Menino dos Cobertores Parahyba, o Tucano da Varig, a Chiquita Banana da United Fruit e a Gang da Bardhal. Também estarão disponíveis seis diferentes minidocumentários, produzidos especialmente para o projeto. Cada um deles traça o perfil de um ícone, tendo como base entrevistas exclusivas com criadores, animadores e profissionais de marketing e publicidade.

“Nossa intenção com o projeto ‘Ícones que Marcam’ é valorizar a importância desse precioso instrumento de marketing”, explica Geraldo Alonso Filho, diretor do Instituto Cultural ESPM,  .

A exposição e a publicação do livro “Ícones que Marcam” contam com o patrocínio, através da lei Rouanet, do Bradesco, anunciante que participou ativamente na história dos ícones brasileiros como o Chip, a Turminhado Prev Jovem Bradesco e o robô Link 237.

Serviço
Exposição
: Ícones que Marcam
Local: Centro Cultural Fiesp – Espaço Fiesp (Av. Paulista, 1.313 – estação Trianon-Masp do Metrô)
Período: de 17 de novembro a 11 de dezembro
Horário: diariamente, das 10h às 20h, com entrada permitida até 19h40
Valor: Entrada franca

Deixe seu comentário: