Higienização e entregabilidade de e-mails: Dicas de uma especialista

interney

Em julho deste ano fiz um teste de limpeza da minha base de e-mails no E-goi, como o resultado foi bastante positivo eu adicionei meus aprendizados nesse artigo: Higienização da Lista de e-mails: Removendo Inativos e Inválidos.

Ao falar com a equipe do E-goi pedindo mais informações acabei conhecendo a Carla Saldanha, expert em entregabilidade de e-mail, e a convidei para deixar algumas dicas aqui para vocês!

Carla, como você começou a trabalhar com e-mail marketing?

Com e-mail marketing especificamente, comecei faz pouco mais de 5 anos. Já minha experiência com e-mail em geral começou em 1999, quando fui trabalhar no Reino Unido como consultora em Segurança de Informação. Fiz parte de uma equipe onde gerenciei e implementei migrações de serviços de filtragem, anti-spam e antivírus de e-mail, com base em vários softwares proprietários, antes de regressar a Portugal em 2007.

O que é higienização de base de e-mails?

A higienização de bases de contatos (e-mails incluídos), é a constante manutenção dos resultados e feedback desses mesmo contatos. Ou seja, saber exatamente:

Se um contato existe;

Se as minhas comunicações para esse contato são entregues;

Quando foi a última vez que interagiu com uma mensagem;

Qual o feedback dessa comunicação;

Neste último ponto, é primordial respeitar a vontade do contato caso ele solicite:

Descadastramento;

Avise que “não interesse”;

Faça alguma queixa.

Além disso, se um contato não faz nenhuma interação durante um certo período de tempo e após várias mensagens, então deve ser assumido que não tem interesse, e portanto, deve ser removido de quaisquer comunicações futuras.

O que é entregabilidade de um domínio?

A entregabilidade de um domínio é um dos componentes de sucesso de um determinado fluxo de email. A entregabilidade determina a capacidade de um fluxo de email, ser entregue na caixa de entrada dos seus destinatários. Os principais fatores condicionantes são:

A reputação dos vários componentes: (domínio e endereços de origem (IPs));

A presença e validação de autenticação: (DMARC, SPF e DKIM);

O conteúdo da própria mensagem.

Como os dois conceitos estão relacionados?

A reputação do domínio é parte integrante da entregabilidade e é calculada com base na interação (ou falta de interação) da audiência a quem se destinam as mensagens.

Se a base não for higienizada, haverá contatos com feedback que não foram respeitados, contatos que não demonstraram qualquer interesse (não interagiram) e outros que manifestaram a sua vontade de não mais receber comunicações.

O resultado da falta de higienização levará a péssimos resultados e ainda feedbacks ainda piores, acabando por provocar a decadência da reputação domínio e consequentemente, sua a entregabilidade.

Que dicas você daria para quem vai começar a disparar e-mails e quer cuidar da higienização e entregabilidade?

Usar a autenticação de e-mail;

Fazer a higienização da base antes de qualquer envio;

Inicialmente enviar mensagens apenas para os contatos mais recentes;

Aos poucos vá ampliando a sua base para o restante da audiência;

Periodicamente deixar de enviar qualquer comunicação para destinatários que não interagiram com as comunicações enviadas anteriormente.

E para quem já trabalha com e-mail marketing e só agora ouviu falar desses conceitos? Quais as suas sugestões?

Verifique sua autenticação, principalmente implementar o DMARC (inicialmente em modo de monitorização apenas);

Usar as ferramentas disponíveis pelos próprios ISPs (Gmail Postmaster Tools e SNDS from Microsoft);

Principalmente: monitorizar os resultados e feedback de cada envio, usando-o para o planejamento do envio seguinte.

Edney Souza é Consultor de Marketing especializado em Conteúdo, Eventos e Mídias Sociais, Professor de Marketing Digital, Design Thinking e Novos Modelos de Negócios e Redes Sociais na ESPM e ComSchool, Organizador e Curador da Social Media Week São Paulo, colunista do blog WordPress.com Brasil, Curador do Catarse e Conselheiro na ABRADi-SP. 

Deixe seu comentário: