Brasileiro cria extensão que converte cifras em salário do Neymar

Ney

A moeda de um país e/ou comunidade é o ativo que possibilita a quitação de débitos e consolidação de riquezas. Dólar, Euro e Real são as mais famosas no Brasil e têm a divisão por centavos. Todo esse sistema era largamente sabido e de conhecimento geral, isso até Neymar Jr. desafiar as leis da economia ao ser comprado pelo Paris Saint Germain por 222 milhões de euros (821,4 milhões de reais) no último mês.

Depois dessa transação de valores gigantescos, ninguém quis mais saber dos antigos métodos financeiros e todo o mundo começou a converter seus ganhos (ou dívidas) nas frações de tempo que o atacante levaria para conquistar a mesma quantia com o seu preço de venda.

Com uma brincadeira de cálculo do quanto as garrafas compradas pelo jogador valeriam se comparadas ao valor de venda do atleta e o salário de um usuário do WhatsApp, as transformações em reais para “Horas Neymar” se alastraram pela internet.

A febre foi tanta que diversos veículos transformaram preços padrões de produtos cobiçados à porcentagem do total do montante usado para comprar o 10 do PSG. Como a internet só falava disto, até um site foi criado para facilitar as contas. Com pouco tempo de duração, o endereço logo saiu do ar e os entusiastas desse novo modo de conversão se viram órfãos.

Porém, como a única coisa maior que o preço do capitão da Seleção é a criatividade do brasileiro, acaba de ser lançado uma extensão do Google Chrome que transforma todas as cifras monetárias da web em salários da nova contratação do clube francês.

Criada por Apolinário, consultor de BI da FSB Comunicação, a ferramenta cumpre o que promete e facilita a vida de quem ainda tenta entender como as tradicionais moedas deram lugar a unidade de medida “Neymar”.

Confira abaixo alguns exemplos do uso do dispositivo em importantes veículos do Brasil:

Veja

Estadão

Folha de S. Paulo

Exame

Caso ficou curioso, o aplicativo pode ser obtido neste endereço.

 

 

Deixe seu comentário: