Creator´s House desembarca esta semana no Coachella em parceria com o Tinder

galera casa lolla

Foi-se a época em que os grandes eventos e festivais eram assistidos incessantemente pela tela da televisão. Claro que ainda existem coberturas que mobilizam, mas atualmente a maior parte dos mais novos mal liga a TV. Conectados desde o nascimento, esses jovens se desligaram dos veículos tradicionais e passaram a consumir informações compartilhadas pelos seus influenciadores favoritos nas redes sociais.

Diante deste cenário de mudanças, é necessário adaptar as estratégias para a nova realidade que surge. Para atingir esse público, a mesma propaganda de 30 segundos de sempre não será efetiva. É essencial unir ativações instigantes, influenciadores com uma base consolidada e ações de marcas que tenham identificação com o segmento.

Pensando em tudo isso, Adrianne Elias, criadora da CoCreators, lançou no Coachella a primeira Creator´s House. Na ativação de estreia, a agência uniu creators que contam milhões de seguidores, ambiente descontraído e conteúdo que engaja a geração mais nova. Parceiro desde o início, o Tinder percebeu o êxito da empreitada ao ver que o app foi baixado 40% a mais no período em que rolou o festival californiano.

Com o sucesso da empreitada, o popular aplicativo de encontros mantém sua presença em todas as edições da Creators’ House. Dessa maneira, a parceria já marcou presença  no Rock in Rio, Camarote Salvador e teve sua última edição com o Lollapalooza como destino. Confira abaixo um pouco do que rolou na ativação pensada para o evento paulistano: 

 

Mais uma vez de malas prontas, a equipe da Cocreators e cinco influenciadores irão desembarcar nesta quinta-feira (12) em Los Angeles, onde fazem um tour antes de partir para Indio e, então, se jogar no primeiro final de semana do Coachella que contará com uma atração especial: ao lado de The Weeknd e Eminem, Beyoncé é uma das headliners do festival, que marca o retorno da diva aos palcos, após a gestação e o nascimento dos gêmeos Sir e Rumi.

Como funciona e a estratégia por trás da Creators´ House

Entre as personalidades nacionais que acompanharão esse momento estão Aline Gotschalg, Anna Layza, Franciny Ehlke e Gui Araújo. Juntos, eles se aproximam da marca de 10 milhões de seguidores – considerando apenas os perfis no Instagram.

Como ocorre desde a primeira edição, os creators ficam hospedados em uma mansão, onde participam de uma série de experiências capazes de render conteúdo e engajamento junto às marcas parceiras.

“Assim como num reality da TV, as cotas de patrocínio equivalem à audiência dos canais dos influenciadores. A diferença é que custa muito menos e alcança um público que devora redes sociais e não tem ideia do que passa na telinha da TV.”, explica Adrianne Elias, CEO da CoCreators.

Com mais de 15 anos de experiência como executiva de marketing em multinacionais, entre elas, Ambev e Telefônica, Adrianne aponta as mudanças no mercado publicitário e as oportunidades que se desenham no horizonte.

“Quando estava do outro lado da mesa, como cliente, fiz muita propaganda. Não digo que não acredito nesse modelo, porque ainda tem muita gente assistindo a Globo no Brasil. Porém, isso não significa que não esteja acontecendo uma mudança. E garanto: está mudando cada vez mais rápido! O branded content e o influencer marketing são a nova forma de fazer propaganda”, aponta Adrianne.

Deixe seu comentário: