McDonald’s vai tirar o cheeseburger do Mc Lanche Feliz e web surta com a novidade

abre mc donalds

O McDonald’s tenta se distanciar da imagem já ultrapassada de “rei” do “junk food”. Desde “Super Size Me” (aquele documentário em que o diretor se alimenta apenas de comida produzida na cadeia de fast food) a rede é muito contestada por conta do valor nutricional de seus alimentos e inclusive o “Happy Meal” (versão gringa do Mc Lanche Feliz) tem sido alvo de defensores da saúde e pais que a ligam à obesidade infantil.

A rede anunciou ontem que quer que todas as suas opções do Mc Lanche Feliz nos EUA tenham 600 calorias ou menos. Os combos precisam ter menos de 650 miligramas de sódio e o gigante dos fast foods também quer que menos de 10% das calorias de seus lanches provenham de gorduras saturadas e açúcares adicionados. Infelizmente para muitos, o cheeseburger e o leite com chocolate não cumpriam esses novos padrões e tiveram seus nomes cortados do menu. 

Internautas usaram o Twitter para demonstrar sua insatisfação. Teve até quem apontou a “necessidade de mudança” do título de “Happy Meal” para “Sad Meal”. Confira algumas das pontuações na plataforma:

De acordo com Steve Easterbrook, diretor executivo da rede, em um comunicado divulgado pela Bloomberg, a marca espera que “essas ações tragam mais escolhas aos consumidores e beneficiem milhões de famílias”. A medida é considerada um “passo importante” para construir um McDonalds melhor.

Haverá outros ajustes: os nuggets de frango virão com batatas fritas de tamanho infantil em vez de uma pequena, o que diminuirá as calorias e o sódio das batatas fritas pela metade. Água será uma opção, mas custará extra.

No jantar ainda será possível pedir especificamente o cheeseburger ou o leite com chocolate, mas a rede não vai listá-los em seu cardápio. Na visão da marca, a medida provavelmente reduzirá a frequência que é pedido. Quando ela removeu o refrigerante do menu Happy Meal há quatro anos, por exemplo, as encomendas de Happy Meals caíram 14%, disse a empresa.

O que achou do movimento? Deixe um comentário contando para a gente.

 

Deixe seu comentário: