Medium demite um terço de seus funcionários

ev williams

Desde que chegou, o Medium trouxe novo fôlego à escrita aprofundada. Mesclando autores conhecidos e anônimos, ele fez com que a web saísse da superficialidade e novas formas de produzir conteúdo fossem pensadas. Contudo, mesmo com o sucesso de público, a empresa está mal financeiramente, sendo obrigada a demitir 50 funcionários (1/3 de seus colaboradores) e a rever seu modelo de negócios.

Ev Williams, CEO da empresa e co-fundador do Twitter, escreveu em declaração “que mesmo a empresa crescendo 300% em 2016 ainda não temos a solução para conseguir direcionar pagamentos ao conteúdo de qualidade. Continuar nesta trajetória colocou-nos em risco de nos tornarmos uma extensão de um sistema quebrado”.

A maioria das demissões ocorrem no setor de vendas, suporte e negócios em geral. Além dos desligamentos, os escritórios de Nova Iorque e Washington D.C também foram fechados. O pronunciamento completo de Williams e seus questionamentos sobre o lógica da publicidade atual está disponível aqui.

Deixe seu comentário: