Releitura de “Onde está Wally” confronta desigualdade de gênero

onde está wally

A ONU lançou ao redor do mundo, desde a última quarta-feira, dia Internacional da Mulher, uma série de campanhas e atividades para discutir o empoderamento feminino, a inclusão da mulher no mercado de trabalho, os direitos das mulheres e o combate ao feminicídio, entre outros assuntos.


E uma dessas ações é um anúncio criado pela DDB Dubai que critica a falta da representatividade da mulher na área da ciência, política e tecnologia. Através de imagens que lembram o famoso Onde Está Wally?”, a organização convoca o público para procurar por mulheres nestas três áreas, onde são disparadamente minoria.

De acordo com os títulos “encontrar uma mulher em ciência/tecnologia/política não deveria ser tão complicado. Trabalhemos juntos por uma representação equitativa no trabalho”, no entanto, infelizmente, a participação feminina nessas três áreas não é muito comum, uma vez que o machismo e preconceito contra mulheres que optam por seguir estes caminhos é grande. Aqui no Brasil, por exemplo, a participação feminina na política fica abaixo dos 15%, uma das mais baixas taxas do mundo.

Consegue achar alguma mulher nos desenhos?

Deixe seu comentário: