AKQA apoia o Festival Percurso

brown

O line-up composto pela diversidade da black music é o pano de fundo de ações de empoderamento social na região do Campo Limpo, na periferia de São Paulo. Criado em 2014, pela Agência Solano Trindade, o Festival Percurso impulsiona quase 200 empreendedores locais e promove temas como economia solidária e consumo consciente.

Para a 4a edição, o Festival ganhou o reforço criativo da AKQA. “Em 2016, realizamos um projeto para um cliente e trouxemos o Thiago Vinícius e o Preto Zezé, da CUFA, para participar. Nessa ocasião conhecemos o Festival Percurso. Nos aproximamos dos organizadores e o Thiago nos deu espaço para participar do edição de 2017, com a parte da identidade visual”, conta Renato Zandoná, Diretor de Criação da AKQA, sobre a proximidade entre a agência e o Festival.

“Dentro da AKQA, existe a AKQA Casa, um braço que quer contribuir para a cultura e a inovação no Brasil”, completa Paula Santana, gerente de projetos responsável pela curadoria dos projetos culturais apoiados pela Casa, que já realizou trabalhos para a banda 2DE1 e para a poetiza Cecília Erismann.

A AKQA acabou se envolvendo em outras questões da comunicação do Festival, como na busca por parceiros, na divulgação nas redes sociais, na realização de um pocket show e na assessoria de imprensa. “Faremos um grafite de 11 influenciadores da periferia num muro próximo a praça do Campo Limpo, onde vai acontecer o evento. O grafite será documentado e vai contar quem são as pessoas ilustradas e o que é o Festival Percurso”, explica Paula.

Para realizar esse trabalho, os profissionais da agência fizeram uma imersão na cultura black e tiveram assessoria integral dos organizadores do Festival. “A AKQA se envolveu e nos envolveu em todas as questões. Foi um trabalho coletivo. Quando nos apresentaram as opções foi difícil escolher, todas estavam muito boas”, comenta Thiago Vinícius sobre a identidade visual criada.

“O tema deste ano é Baile Black. Procurando saber um pouco mais sobre estes bailes, descobrimos que além das roupas e música, o cabelo era um grande personagem dessas noites e motivo de orgulho e identidade. Seguindo o caminho dos cabelos, chegamos aos antigos barber shops dos bairros negros e suas artes nas paredes, onde as pessoas poderiam escolher qual corte queriam pelo desenho. Essas ilustrações e cores são únicas e riquíssimas. Então juntamos essa estética com a intenção de celebrar as pessoas que fazem a diferença nas comunidades de periferia. Essas pessoas são de verdade e se tornaram a cara do Festival Percurso em 2017”, finaliza Renato Zandoná sobre a inspiração criativa.

O Festival Percurso será realizado no dia 9 de julho, das 10h às 22h, na Praça do Campo Limpo, terá como atração principal Mano Brown e kserá apresentado por Roberta Estrela Dalva, apresentadora do programa Manos e Minas, da TV Cultura.

Serviço:

Palco “Radio SPeriferia no Ar”

Mano Bronw com o show Boogie Naipe – Dugueto Shabazz - Sandália de Prata – Ualdo & Coletivo Samba Rock – Zinho Trindade – Mestre Aderbal Ashogun – Ajayô Projeto Comunidade Samba – Discopédia – DjKula

Feira Gastronômica SPeriferia

Mais de 30 especialidades entre comidinhas e cervejas artesanais.

Feira de Economia Solidária

Mais de 150 empreendedores locais comercializando livros, roupas, acessórios, bonés, camisetas tudo feito na comunidade

Deixe seu comentário: