Autor de 'Cultura da Convergência' lança novo livro

<p>
	Autor de &#39;Cultura da converg&ecirc;ncia&#39; lan&ccedil;a novo livro <em>(Reprodu&ccedil;&atilde;o/Youtube)</em></p>

"Aquilo que não se propaga, morre." Essa máxima simples, mas definitiva, norteia a análise apresentada em Cultura da Conexão – Criando Valor e Significado por Meio da Mídia Propagável (Spreadable Media – Creating Value and Meaning in a Networked Culture), o mais novo livro de Henry Jenkins, referência nos estudos de mídia participativa, escrito ao lado de outros dois importantes nomes na área, Sam Ford e Joshua Green. O livro está sendo lançado no Brasil pela Editora Aleph.

Os três pensadores analisam o movimento na direção de um modelo mais participativo de cultura, em que o público não é mais visto como mero consumidor de mensagens e sim como agente criador de valor e significado. Ele discute, reage, espalha seus interesses e críticas pelas diferentes modalidades de mídia – seja com textos em blogs, músicas, vlogs, posts no Facebook, jogos etc. E o faz não de forma isolada, mas como integrante de comunidades mais amplas e de redes que lhe permitem propagar materiais muito além de seu limite geográfico.

Escrito não apenas para estudiosos de mídia e profissionais de comunicação, Cultura da Conexão fala diretamente a todos que criam, compartilham e propagam conteúdo nas redes sociais, proporcionando uma compreensão clara de como as pessoas estão se envolvendo com esse processo e apontando as implicações dessas atividades para os negócios, a política e a vida cotidiana.

"Este livro servirá melhor aos leitores das áreas de mídia que se empenham em ouvir seus públicos de maneira mais profunda e querem entendê-los [...] Apresenta exemplos de muitos produtores de mídia não corporativos, como organizações sem fins lucrativos, grupos ativistas, organizações religiosas, pedagogos e artistas independentes que tiveram um forte relacionamento com o fã. Em suma, propõe que as empresas que prosperarão no longo prazo num ambiente de ‘mídia propagável’ são aquelas que ouvem a sua audiência, se importam com ela, e almejam falar às necessidades e aos desejos dela com uma atenção tão crucial quanto a que dedicam aos objetivos dos próprios negócios", afirmam os autores na apresentação da obra.

Redação Adnews

Deixe seu comentário: