Biografia de Mauricio de Sousa vira audiobook em homenagem de fãs

mauricio turma da monica

Diversas gerações cresceram lendo os quadrinhos daquela “baixinha, “golducha”e dentuça” e sua turma. A própria Mônica e seus amiguinhos também cresceram (em quantidade e tamanhos de roupa) nesse processo. Para homenagear a importância dos quadrinhos, fãs anônimos e famosos emprestaram suas vozes para transformar a recém-lançada biografia do Mauricio de Souza em um audiobook, confira o resultado clicando aqui.

A Mônica em pessoa, como diretora executivo da Mauricio de Sousa Produções falou sobre o movimento: “Diversas pessoas chegam até nós para relatar a importância dos personagens do meu pai em suas vidas. Então resolvemos convidá-las para participar de um projeto que devolva a ele o carinho e o cuidado que ele dedicou à Turminha e aos fãs durante toda a vida”.

Entre os participantes da homenagem, está a fã Joice Braz, 38 anos, mãe do Kauã, diagnosticado com autismo aos dois anos de idade. Entre todos os estímulos, Joyce começou a contar as histórias da Turma da Mônica e, aos três anos, a identificação do menino com o Chico Bento passou a ajudar em seu desenvolvimento. “Ele se vestia e agia como o personagem. O Chico Bento trouxe meu filho para o nosso mundo. Hoje o Cauã vai para a escola, tem amigos e é uma criança feliz”, resume Joyce.

Quando teve câncer nos ossos aos 13 anos, Giulia Araújo Sena, hoje com 17 anos encontrou nas tirinhas e animações protagonizadas por personagens sem cabelo do projeto Carequinhas contra o Câncer Infantil a força para seguir em frente e superar barreiras.

A turminha também foi uma base importante para o jornalista Jairo Marques, 43 anos, quando precisou ficar hospitalizado durante a infância. “Como eu ficava internado, os gibis me faziam companhia. As histórias me transportavam para outros lugares, outras situações, e os personagens se tornaram meus ‘colegas de classe’”, comenta Jairo.

Já para a artista plástica Crica Monteiro, 33 anos, o mais marcante foi a identificação com a personagem Mônica, hoje protagonista do projeto Donas da Rua, que conta com o apoio da ONU Mulheres. Crica foi uma das artistas convidadas a fazer uma releitura das personagens da Turma da Mônica para a exposição Donas da Rua da Arte, parte do projeto de empoderamento de meninas.  “A Mônica me inspirou a lutar pelo que eu achava que era impossível”, explica Crica.

Joice, Giulia, Jairo e Crica foram os apresentadores da homenagem ao Mauricio. Os momentos foram gravados em vídeo e estão disponíveis ao público, junto com o audiobook, no site. Além de trazer a homenagem, a plataforma apresenta as histórias desses e de outros fãs com a Turma da Mônica.

Para fazer parte das homenagens ao autor, os fãs ainda podem contar suas histórias nas redes sociais acompanhadas pela hashtag #obligado. 

Deixe seu comentário: