Blue Bus perde seu criador Julio Hungria

<p>
	Julio Hungria (Reprodu&ccedil;&atilde;o/ Youtube)</p>

Na noite de ontem (11) faleceu o jornalista Julio Hungria, fundador do site Blue Bus, a primeira plataforma digital a cobrir o mercado de propaganda.  Com mais de duas décadas de curadoria, conteúdo e cobertura do mercado de comunicação, ele se tornou uma das figuras de maior referência para o trade publicitário. Em seu perfil no Facebook,  PJ Pereira, sócio e CCO (Chief Creative Officer) da agência Pereira & O´Dell, por exemplo, lamentou a morte do criador do Blue Bus. "Meus sentimentos ficam com a família de Julio Hungria, que vai estar pra sempre impregnado em cada linha da cobertura do mercado publicitário, que ele mudou com as próprias mãos", afirmou.

O comunicador iniciou a sua carreira nos anos 60 como produtor nas gravadoras Philips e EMI e posteriormente chefiou o departamento de produção da Rádio Jornal do Brasil, onde ficou por mais de uma década. Entre outras coisas, ele foi subeditor do Jornal de Vanguarda na TV, editor e crítico de música popular no Jornal do Brasil, editor do Segundo Caderno do diário Última Hora e teve ainda a sua própria produtora de jingles, no começo da década de 1980. Antes ainda de iniciar a sua jornada com o Blue Bus, em 1995, e reinventar a maneira de conversar com o mercado publicitário, o jornalista ainda editou o jornal do Clube da Criação entre 1990 e 1994.

Redação Adnews
Com informações do Blue Bus

Deixe seu comentário: