Gelou: MP declara que Julio Cocielo precisa pagar R$ 7 milhões por tweet racista

cocielo

No fim de junho, durante a Copa do Mundo, Julio Cocielo fez um tuíte sobre o jogador Mbappé que causou revolta por seu teor racista (confira aqui). Promotores do Ministério Público alegam que tweet tem "notória manifestação de racismo em sua associação com assaltantes que praticam roubos nas praias brasileiras. De acordo com os fomentadores, Cocielo violou por anos os direitos fundamentais e a Constituição.

O Ministério Público de São Paulo abriu uma ação civil pública na última quarta-feira, (12), contra o youtuber Júlio Cocielo e pede R$ 7,4 milhões por dano social coletivo.

Os promotores de Justiça de Direitos Humanos Eduardo Valério e Bruno Orsini Simonetti justificam que o youtuber usou o Twitter para violar os direitos fundamentais, os direitos humanos, a Constituição Federal e Tratados Internacionais de Direitos Humanos.

"Trata-se de um jovem jogador negro, francês de ascendência camaronesa, de compleição física robusta e que mostrou, nos jogos da seleção francesa na Copa da Rússia, impressionantes velocidade e explosão, daí advindo, em notória manifestação de racismo, a sua associação com os assaltantes (negros, na ótica do autor) que praticam crimes de roubo nas praias brasileiras, sobretudo fluminenses, sempre sob contínua e desabalada corrida”, escrevem os promotores na ação.

Deixe seu comentário: