Globo lamenta fotos vazadas de Paolla Oliveira

af

Infelizmente, nos últimos meses, a Globo tem ocupado as manchetes pelo assédio sofrido por suas colaboradoras. Depois da emissora ganhar destaque em noticiários pelo abuso do ator José Mayer à figurinista Susllem Tonani (veja aqui), é a vez do grupo de comunicação ser mais uma vez assunto, agora pelo vazamento de fotos íntimas da atriz Paolla Oliviera durante as gravações da série que por coincidência se chama “Assédio”.

Surpresa com o compartilhamento irresponsável do conteúdo em redes sociais, a Globo disse em comunicado emitido nesta quinta-feira (01) que “foi surpreendida pelo vazamento de fotos da atriz Paolla Oliveira sem roupa, tiradas clandestinamente durante uma gravaçao da série ‘Assédio’, uma produçao com a O2. Essas fotos ilegais foram feitas em um set de gravaçao em Sao Paulo e divulgadas em redes sociais".

Indignada, a artista também publicou um pronunciamento no seu perfil oficial do Instagram. Confira abaixo a postagem:

ATÉ QUANDO? Até quando a invasão da privacidade de um ser humano, o desrespeito a um ambiente de trabalho e a atitude desonesta de trair a confiança de colegas de trabalho serão tratados como um ato de esperteza em nossa sociedade? Esta é a pergunta que me faço e gostaria de compartilhar com todos. Sou atriz e estou trabalhando em uma série que se chama Assédio, uma produção da Globo com a O2Filmes. Em um ambiente controlado, fechado e profissional, um criminoso (não há outra palavra que o defina - pois o que foi feito é crime) resolveu fazer fotos clandestinas de um momento mais sensual da série e divulgar em redes sociais. O que para mim é trabalho se transformou em oportunidade para alguém tentar tirar vantagens. O que esta pessoa ganhou com isso? Dinheiro, fama, cliques, likes, popularidade? Pouco importa. Pois o que ele (ou ela) fez para obter isso é crime previsto na lei. Em um momento em que todos estamos buscando uma sociedade mais correta, não há mais espaço para considerarmos esperteza o que é um desrespeito. As autoridades já foram acionadas para que esta atitude seja punida exemplarmente, e qualquer pessoa possa trabalhar dignamente, sem correr o risco de ter a sua intimidade exposta, explorada, desrespeitada por invasores, covardes e criminosos. #AteQuando

Uma publicação compartilhada por Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) em

Deixe seu comentário: