Globo recebe críticas do público após assédio no BBB 17

bbbb

O termo mais comentado do Twitter Brasil nas primeiras horas desta segunda-feira (10) é #GloboApoiaViolencia. As manifestações do público contra a emissora de televisão começaram na noite do último domingo, durante a exibição do BBB17. Os seguidores do programa esperavam que a Globo expulsasse o participante Marcos por seu comportamento abusivo contra Emilly, com quem tem um relacionamento no reality show, coisa que não aconteceu.

As últimas brigas do casal protagonizaram cenas que deixaram parte do público indignado e a própria produção do programa perplexa. Em uma das discussões, Marcos pressiona Emilly contra a parede aos gritos e apontando o dedo em seu rosto. Em outro momento, o participante agarra sua “namorada” pelo punho, quando a jovem pede para ele parar: “Tá doendo”. A edição do programa também mostrou Emilly consternada com a situação: “Você me beliscou de novo, Marcos. Você apertou meu pulso, está doendo”.

Ao abrir o episódio de ontem (9), o apresentador Tiago Leifert disse que a produção está preocupada e avaliou as imagens, além de ter conversado separadamente com o casal. O jornalista ainda afirmou que Emilly poderia denunciar Marcos a qualquer momento. Para a decepção de quem esperava a expulsão do participante, ela não somente não aconteceu, como Marcos ainda venceu a disputa no paredão contra Marinalva e permaneceu no programa, de acordo com a escolha do público.  

Curiosamente o fato acontece na mesma semana em que a Globo foi elogiada por sua postura ao afastar o ator José Mayer, acusado de assediar a figurinista Susllem Tonani.

Deixe seu comentário: