Manchete da revista Poder abre debate e vira “pauta” do Sensacionalista

poderrrr

“Alarme. O que dizer para as crianças quando os pais são levados pela polícia federal". Tal manchete, publicada pela revista Poder, da jornalista Joyce Pascowith, abriu um debate sobre as escolhas de pauta do jornalismo segmentado. O assunto viralizou a partir de um post no Facebook, que já conta com mais de seis mil compartilhamentos. Na reportagem, a psiquiatra Lee Fu-I ensina como lidar com as crianças que têm os pais presos na Lava Jato.

O questionamento proposto pela chamada de capa é respondido nos comentários na própria rede social, seja com ironia ou críticas mais sérias, como a realizada por uma leitora: "O pior: claramente, o problema não é 'o que dizer para as crianças quando os pais são corruptos'. O problema reside exclusivamente em papai ser preso".

Independentemente do ineditismo e o tom inusitado da pauta, houve também quem entrasse no debate para defender a abordagem da publicação. “Eu adorei a matéria. Técnica e instrutiva. Também serve para que os pais das outras crianças não reforcem o bullying e ainda confirmem mais a segregação daquela criança que está sofrendo”, afirmou outra seguidora da Poder.

A repercussão do assunto se expandiu e foi parar no site de humor Sensacionalista, que afirmou “estrear” uma coluna na revista dedicada a lifestyle e o mercado de luxo. O inicio da brincadeira diz o seguinte: “Depois de uma breve passagem pela Folha de São Paulo, o Sensacionalista volta à mídia impressa com uma coluna na Poder. O primeiro texto, com chamada em destaque na capa, é um serviço: como ajudar crianças cujos pais foram levados pela Polícia Federal?”.

De uma maneira ou de outra, sem fazer juízo de valor a respeito dos caminhos da reportagem da revista Poder, vale observar como claramente as redes sociais ampliaram os debates sobre as abordagens do jornalismo atual.  

E você? O que achou da manchete? Escreva a sua opinião abaixo.

Deixe seu comentário: