NET indenizará ex-clientes descontentes com serviços

Slow Net

O fornecimento de sinais lentos de internet não é novidade. No entanto, pouquíssimas pessoas buscam seus direitos quando se trata deste aspecto. Mas dessa vez foi diferente, a 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul julgou um processo contra a operadora NET justamente por este motivo.

Aberto em 2015, o processo foi feito por duas mulheres que utilizaram, por três anos, uma internet lenta e instável. Ambas alegaram ter contratado um combo de banda larga a 10 Mbps, TV a cabo e telefone fixo, mas nenhum dos serviços funcionava de acordo e não conseguiam resolver o problema por meio do atendimento ao cliente.

Cada uma das ex-clientes terá de receber R$5.000 de indenização, além de uma delas ter ganho o direito de receber 90% do valor gasto com contas entre março de 2014 e janeiro de 2015.

Deixe seu comentário: