Serena Williams e Nike mostram que "não há jeito errado de ser mulher"

serena nike abre

A Nike usou a premiação do Oscar para celebrar a tenista Serena Williams. Depois do parto de sua primeira filha, Alexis Olympia, em setembro de 2017, e seu retorno oficial à quadra, no Fed Cup no mês passado, a atleta é reverenciada pela marca. Ou melhor, sua busca pela excelência é o motivo da comemoração do novo comercial.

O filme de 30 segundos mostra a tenista em ação ao longo dos anos. O anúncio feito pela Wieden + Kennedy em Portland faz apresenta uma declaração sobre feminilidade, raça e maternidade. Em uma poderosa voz, a tenista afirma: "Nunca fui o tipo certo de mulher. Maior que o normal e super confiante. Muito brava se não sorrio. Muito negra para meus tênis brancos. Motivada demais para a maternidade. Mas eu provo, uma e outra vez, que não há forma errada de ser mulher”.

Segundo a Nike, a cerimônia foi um “excelente momento para estrear o filme, dado o seu apelo de massa e alcance amplo. Sabemos que este é um tópico culturalmente relevante que também ressoa dentro de Hollywood, por isso foi um momento ideal para alavancar a plataforma para criar este filme e celebrar Serena Williams como uma mulher que continuou a quebrar barreiras e inspirar mulheres em todos os lugares", disse a marca.

Já Serena abordou sua trajetória: "Eu não necessariamente iniciei minha carreira no tênis pensando que em quebrar barreiras no esporte, mas me encontrei neste espaço com uma enorme plataforma na ponta dos dedos", disse Williams. "Com o tempo, fiquei mais consciente do impacto que tinha, e fiquei mais consciente do que eu tinha que fazer para fazer a diferença”.

Williams também falou sobre o impacto que sua filha teve em sua vida: "Eu quero que minha filha seja sincera e honesta, forte e poderosa, para perceber que ela pode impactar os que a rodeiam, eu quero que ela cresça sabendo que a voz da mulher é extremamente poderosa. Como mulheres, nós precisamos continuar a falar e nos certificarmos que estamos sendo ouvidas”.

Produzido com o Dia Internacional da Mulher (8 de março) em mente, o comercial se concentra na jornada emocional que Williams encontrou como uma mulher negra em um esporte tradicionalmente de classe média/alta, como o tênis.

A Nike também produziu um anúncio que apareceu no New York Times de hoje, esta informação é do Adweek. Nele está escrito: "Você disse aquela garotinha que ela era muito negra para seus tênis brancos. E ela cresceu para ser Serena Williams".

Deixe seu comentário: