Primeiro canal para cachorros chega ao país através da Discovery

dogtv

Existem mais de 600 milhões de cães de estimação no mundo, cerca de 52 milhões no Brasil, e o crescimento exponencial do mercado pet acompanha uma mudança relevante na relação entre humanos e animais: os donos nunca foram tão conscientes sobre os cuidados que contribuem para a saúde e bem-estar dos cães.

Com esta situação em mente, a Discovery Networks traz para o Brasil “DOGTV” – primeiro canal dedicado aos cães e desenvolvido especialmente para eles.

Assinantes da Sky podem assistir ao canal desde o último dia 17, Net e Claro pretendem adiciona-lo às suas grades em breve. Na Vivo TV a entrada está prevista para o início de 2018. A Discovery distribuirá ainda o canal nos demais países da América Latina.

ODOGTV foi desenvolvido ao longo de três anos com o objetivo de relaxar e entreter os cachorros que ficam sozinhos em casa, espectadores com necessidades e interesses particulares. A análise de 68 estudos acadêmicos e o trabalho de quatro especialistas em comportamento canino orientaram o desenvolvimento do conteúdo exclusivo do canal, que traz cores, temas e escalas tonais – visuais e sonoras – atraentes para os cães. A sonoridade foi criada a partir de timbres, frequências e volumes agradáveis para os animais, e os elementos visuais respeitam as características fisiológicas próprias da visão canina.

Música instrumental, balbucio de bebês, risadas infantis, paisagens naturais e outros cães em momentos de alegria e calma são algumas das sequências e temáticas componentes da programação, que conta com mais de dois mil títulos divididos em três gêneros: relaxamento, estímulo e exposição (situações do dia a dia). O canal conta até mesmo com uma equipe de compositores e instrumentistas, que criam as trilhas sonoras da programação de acordo com os princípios estudados.

Gilad Neumann, CEO da “DOGTV” falou sobre o movimento: “A DOGTV está orgulhosa de trabalhar com a Discovery para ampliar nossa oferta global, trazendo conteúdo estimulante e relaxante para os lares dos cachorros amados, em um dos países mais pet friendly do mundo”.

Ron Levi, Chief Content Officer também abordou o tema: "Estamos animados em unir forças com a Discovery para trazer a DOGTV a milhões de cachorros no Brasil". E adicionou: "A grandiosidade do mercado pet no Brasil é empolgante, ficamos impressionados em ver como os brasileiros amam seus cachorros. Temos certeza que a DOGTV será uma ferramenta para proverem mais conforto e companhia para seus animais quando estão fora de casa".

Para Alessandra Pontes, VP de Afiliadas da Discovery Networks Brasil, a empresa inovou mais uma vez “trazendo ao Brasil um conteúdo presente em algumas das maiores plataformas do mundo, desenvolvido com todo o rigor científico, para ser parte da relação especial que as pessoas têm com seus animais".

O canal está disponível para mais de cinquenta milhões de assinantes em 12 países. Entre eles estão os Estados Unidos – onde é distribuído por duas das principais operadoras: Comcast e DIRECTV – Coreia do Sul, Japão, Alemanha, Reino Unido, França e Portugal.

Os dados sobre o mercado pet no Brasil chamam a atenção para a realidade local: cerca de 44% dos lares têm um cachorro de estimação; por aqui há mais cães que crianças. O percentual de donos que afirmam que os cães são membros da família supera os 30%, e 29% os consideram as crianças da casa. Isso faz do Brasil o terceiro mercado pet do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e do Reino Unido, movimentando cerca de 20,7 bilhões de reais ao ano (*).

Os números ajudam a explicar a mudança nas relações entre humanos e seus cães. A saúde e bem-estar dos animais passou a ser uma preocupação de donos. Uma das descobertas relativamente recentes é a ansiedade extrema que a maioria dos cães desenvolve quando deixados sozinhos na casa, a chamada “síndrome da separação”. 

 

Deixe seu comentário: