Record, SBT e RedeTV concordam em voltar para a TV paga

silvio

Após mais de três meses de impasse e com seus canais Record, SBT e RedeTV fora das principais operadoras de TV por assinatura, a Simba Content concordou com a liberação do sinal dos canais enquanto segue mantendo negociações para ser remunerada pela exibição de seu conteúdo na TV paga. A decisão acontece, segundo a empresa criada para negociar o imbróglio, após apelos do Proteste e Inadec, entidades que representam os consumidores. Por enquanto, a volta da exibição das tradicionais emissoras está condicionada a decisão de Net, Sky, ClaroTV e OiTV.

Confira o comunicado encaminhado para a imprensa:

A Simba vem esclarecer que, diferentemente do que está sendo noticiado de forma equivocada, não encerrou as negociações dos sinais das empresas que representa.

Continuamos perseguindo a negociação em torno de um valor justo, de forma equilibrada e de boa fé com todas as operadoras.

Sabemos que esta negociação trouxe impactos aos milhões de assinantes e, por esse motivo, ao sermos consultados pela entidade de defesa do consumidor Proteste sobre nossa concordância ou não em retornar com os sinais de RecordTV, RedeTV e SBT de forma temporária enquanto avançam as negociações, a Simba se posicionou favorável a isso, desde que fiquem preservados integralmente os diretos de negociar os sinais das emissoras de forma onerosa e sem prejuízo das ações em andamento.

Cabe agora às operadoras avaliarem a mesma disposição. Estamos empenhando todos os esforços no sentido de concretizar essa negociação na maior brevidade possível em benefício de todos.

Assessoria de Imprensa da Simba Content

Deixe seu comentário: