Self Service de calibrar pneus é indicado apenas para determinados homens no Posto Ipiranga

Ipiranga

O movimento feminista lutou e angariou diversos direitos, dos mais diversos, por muito tempo negados às mulheres. Votar, trabalhar, usar calças são alguns desses exemplos. E por mais que exista gente que negue a existência desse fato até os dias atuais, a ocorrência de algumas situações mostram que há ainda caminho para se trabalhar o assunto, ou mesmo desmistificar o que é confundido com “cordialidade”.

Uma imagem do Posto Ipiranga que tem rodado as redes sociais é uma amostra do quando o machismo pode vir recheado de eufemismo. A placa em questão indica um calibrador “self service”, nela é possível encontrar as indicações: “Chame um frentista se possuir mais de 60 anos, se portador de necessidades especiais ou em caso de mulheres”.

O burburinho foi tamanho que o conteúdo chegou ao Quebrando o Tabu, que compartilhou a imagem há apenas menos de meia hora e já alcançou 2,3 mil pessoas, 430 compartilhamentos e 213 comentários.

Ao post, a marca deixou seu comentário:

Em contato com a assessoria da rede de postos, fomos informados que: “A Ipiranga informa que entrou em contato com o posto em questão. A empresa esclarece que a gestão de cada posto fica a cargo dos próprios revendedores. A Ipiranga entende que, apesar de não ter havido intenção discriminatória, solicitou ao revendedor a retirada da placa. A companhia reforça ainda o compromisso, empenho e cuidado de sempre oferecer os melhores produtos e serviços em um Posto Completo.” 

O que achou da resposta da empresa? Que tal deixar um comentário contando para a gente?

Deixe seu comentário: