Suposta prostituição põe "Pânico" em evidência

06 de setembro de 2011 · Atualizado às 09h32
Compartilhe:

A divulgação de partes da entrevista que Dani Bolina deu ao programa "Tudo É Possível", da Record, passou a incomodar a RedeTV!. A ex-panicat teria dito que algumas das colegas que tinha no "Pânico na TV!" se prostituem e isso chegou ao Ministério Público e à Polícia Federal.

 
De acordo com a colunista Keila Jimenez, da Folha de S.Paulo, no ano passado, a polícia já havia acabado com um esquema de prostituição em que constavam modelos e dançarinas de TV, então os órgãos podem se virar agora para a maior atração da RedeTV!.
 
Keila diz que o "Pânico" tem corrido pelos bastidores para tentar impedir que a entrevista seja exibida – a previsão é que vá ao ar no próximo dia 18, dentro do quadro "Máquina da Verdade".
 
Por outro lado, Alberto Pereira Jr. diz no F5 que a equipe do programa até já transformou o caso em piada, com o quadro "Operação Surfistinha". O personagem Charles Wikipédia se propõe a investigar qual (ou quais) panicat seria garota de programa.
 
Redação Adnews

Comentários ()


1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Receba notícias no seu e-mail