Vice e Itaú criam documentário sobre bikes em SP

Itau

Estreia hoje (26), nos cinemas, o documentário Ciclos, que acompanha a rotina de um grupo de ciclistas em São Paulo. A produção mapeia as singularidades no fluxo das metrópoles e os desejos e necessidades dos habitantes que encontraram no uso da bicicleta uma maneira de mudarem as suas vidas. O filme foi dirigido por Alexandre Charro e criado e produzido pela VICE para o Itaú Unibanco. O roteiro acompanha o cotidiano de Magrão, Carol e Lorena. Cada um com um estilo, eles têm em comum o uso da bicicleta como um agente transformador de suas vidas.

Ciclos estreia nas cidades de Brasília (DF), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e São Paulo (SP), nas salas Espaço Itaú de Cinema, e será exibido em sessões duplas e gratuitas, junto com o documentário Bike vs Carros (2015). “O filme quer dar voz à intuição, às pessoas comuns que buscam uma cidade mais saudável, mais equilibrada e amistosa”, afirma o diretor. “São personagens do nosso tempo, marcados por acontecimentos e fatos presentes na vida urbana atual e retratados em suas atividades habituais ligadas à vida doméstica e profissional”.

Confira o trailer:



Apoiador da causa da mobilidade urbana, com diversas ações voltadas ao estímulo do uso da bicicleta na locomoção das pessoas, como o programa de bike-sharing em diversas cidades brasileiras e também em Santiago no Chile, o Itaú expande ainda mais a sua plataforma de atuação no tema com o lançamento do documentário.

“Acreditamos que o Itaú, na condição de maior banco privado do Brasil e um dos maiores do mundo, tem o papel de devolver para a sociedade iniciativas que contribuam para o seu desenvolvimento integral. E o incentivo ao uso da bicicleta como transporte ativo é uma delas”, afirma Luciana Nicola, Superintendente de Relações Governamentais e Institucionais do Itaú Unibanco.

“O Itaú procurou a VICE com a intenção de gerar uma discussão mais profunda sobre mobilidade urbana, uma importante causa defendida pela empresa, e um tema cada vez mais caro a todos nós. Nosso maior cuidado ao criar o Ciclos foi deixar de lado a romantização da bicicleta, saindo da esfera dos interesses individuais e focando em tensões sociais importantes para a mobilidade ativa. É um conteúdo bastante humano e verdadeiro”, afirma Gabriel Klein, Head de Criação da VICE. 

Deixe seu comentário: