Bullet se prepara para os próximos 10 anos

bullet

Perto de seu 30º aniversário, a Bullet mira seus próximos 10 anos com mudanças importantes em sua operação. Incansável na busca por inovação, a agência coloca em prática iniciativas relacionadas apessoas, processos e produtos que vão levá-la ao futuro sob a mesma reputação e solidez que basearam sua história – a Bullet foi a primeira colocada no ranking de maior percepção do mercado anunciante, na categoria serviço especializado, segundo as pesquisas Agency Scope de 2012, 2014 e 2016, as quais ouviram mais de 400 executivos de marketing do Brasil (sendo a única mencionada tanto por clientes quanto pelo mercado no levantamento de 2016).

“No início, a inovação estava ligada a novas formas de criar e executar promoções e eventos, gerando ‘talkability’, e isso virou a marca da Bullet. Depois, o pensamento de elaborar soluções diferenciadas migrou para problemas de comunicação em geral e o pensamento ‘think, share e sell’ foi pautado em cima disso: estratégia assertiva e criatividade eficaz para alcançar os melhores resultados”, comenta o sócio e CEO, Fernando Figueiredo.

Agora, um novo modelo vem da transformação desse pensamento em método e principalmente em cultura, modernizando e tornando a Bullet mais eficiente, para ser vista e atuar como uma agência de soluções de comunicação e negócio, preparada para resolver qualquer tipo de problema ou demanda do mercado.

A empresa anuncia a volta de Aldo Pini como sócio da operação, junto à Eduardo Andrade. Pini estava há dois anos na direção geral de planejamento da Africa, sendo responsável por clientes como Ambev, Heinz e Vivo. Convidado por Fernando Figueiredo, Mentor Muniz Neto e Adriana Ribeiro a retornar para a agência em que já acumulava cinco anos de atuação, ele assume a posição de CSO (Chief Strategy Office). 

“A solidez de uma agência que se reinventa há 30 anos, a confiança de que todos queremos o mesmo, e o fato de que eu e o Edu teremos todo o respaldo, a estrutura e o time necessário para colocarmos isso em prática foram sem dúvidas os fatores que me trouxeram com muita alegria de volta à agência”, ressalta Pini. “Estamos muito honrados com o convite e seguros de que a Bullet seguirá por muitas outras décadas à frente desse mercado”, completa Andrade.

Além das novidades na liderança, a ideia é que a Bullet atue como uma agência integradora, trazendo quando necessário especialistas para a mesa. De um lado, o creators hub: um pool de especialistas como produtores, social creators, influenciadores e roteiristas para customizar formatos proprietários e diferenciados. Do outro, o hard strategy hub: parceiros especialistas em design sprint, maker e UX para prototipar soluções para questões específicas e desafiadoras.

 

Deixe seu comentário: