Moda acessível: C&A desenvolve etiquetas em braile

Braile

Com o seu nível de influência em todo o planeta, a moda pode e deve ser também uma aliada para a inclusão de pessoas, ao invés de uma plataforma reprodutora de padrões estéticos. Com apoio da Fundação Dorina Nowill e sua editora DNA, a C&A, criou uma de roupas para o réveillon, cujas etiquetas contam com informações em braile.

Assim, o consumidor poderá identificar a cor da peça e os votos de final de ano que a empresa deseja para ele estampados na camiseta. A ação, feita pontualmente para o final do ano, já pode ser encontrada em algumas lojas da rede no País. As etiquetas, além de atender os deficientes visuais, também vão contemplar pessoas com baixa ou pouca visão, com layouts e tamanhos de letras adaptados. 

Deixe seu comentário: