Rebook planeja lançar tênis totalmente feito de plantas

reebok

A Reebok anunciou nesta semana a criação do seu primeiro tênis “a base de plantas”. Para a iniciativa Cotton + Corn, a marca fez parceria com a DuPont Tate & Lyle Bio Products, um dos principais fabricantes de soluções baseadas em biomateriais de alto desempenho. Os novos modelos possuem um corpo feito de algodão orgânico e sola a partir de um produto não-tóxico, livre de petróleo, derivado de milho industrial.

Os sapatos foram batizados de “algodão + milho” (do inglês “Cotton + Corn”) e, pela natureza dos ingredientes, ao final da sua vida útil, eles podem voltar ao solo para serem compostados, segundo a empresa.

Com essa investida, a Reebok almeja criar uma ampla seleção de calçados baseados em bioprodutos que possam ser compostados após o uso. A ideia é usar esses compostos para cultivar novos materiais para a leva seguinte de sapatos.

Conforme comunicado, Bill McInnis, chefe do Rebook Future, departamento de inovação da marca: “Nós gostamos de dizer que estamos ‘crescendo sapatos’ aqui”.

McInnis completa: “Com o algodão + milho nós focalizamos em todas as três fases do ciclo de vida do produto. Primeiro, no desenvolvimento, estamos usando materiais ‘que crescem’ e podem ser reabastecidos, ao invés dos materiais à base de petróleo comumente usados ​​hoje”, explica. “Em segundo lugar, quando o produto atinge o mercado, sabemos que nossos consumidores não querem sacrificar o visual e a beleza do tênis. Finalmente, nós nos preocupamos com o que acontece com os sapatos quando as pessoas se desfazem deles”.

Segundo a Reebok, os primeiros modelos devem ser comercializados até o final deste ano, apenas no site da marca, mas não há estimativas de preço.

Deixe seu comentário: