Y&R resolve deixar a concorrência pela conta da Secom

concorrência

Segunda colocada na primeira etapa da concorrência por licitação para cuidar da conta da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República), a Y&R preferiu abrir mão de atender o órgão público. O motivo alegado foi a prorrogação da proposta comercial apresentada na licitação que é de R$ 208 milhões anuais para a escolha de três agências.

Confira o comunicado encaminhado para a imprensa:

Diante de novo ofício encaminhado pela Secom, solicitando a prorrogação por mais dois meses da proposta comercial apresentada por ocasião da licitação, a Y&R tomou a decisão empresarial de não prosseguir na concorrência para definição do grupo de agências que deverá atender a entidade.

Deixe seu comentário: