10 exemplos de anúncios veiculados no lugar errado

<p>
	10 exemplos de an&uacute;ncios veiculados no lugar errado<em> (Reprodu&ccedil;&atilde;o)</em></p>

No dia 24 de março, um anúncio de iPad veiculado no site do The New York Times gerou uma associação desastrosa com a queda do avião da Malásia. Quando a publicação de anúncios na internet não passa por nenhum crivo, este tipo de acidente pode acontecer com frequência.

O site Business Insider selecionou algumas propagandas no lugar errado e na hora errada. A lista prova que nem mesmo os veículos impressos e outdoors estão livres da imprevisibilidade.

Confira:

Anúncio do Hotel Urbano sobreposto numa notícia de um filho que matou o pai. O problema? O ad tinha a frase "Assim você mata o papai".


A notícia tratava da colocação de adesivos nas latas de lixo numa cidade californiana. A mensagem pedia para que as mães não jogassem seus filhos recém-nascidos no local. Numa coincidência quase inacreditável, o anúncio veiculado ao lado da notícia dizia: "Hora de uma nova casa?" e mostrava um bebê.


Se uma notícia sobre Anatidaefobia - medo de ser observado por patos - já não é comum, que dirá uma matéria que tenha o anúncio com pato sorrateiro dando uma olhada marota para o leitor. É para apavorar qualquer anatidaefóbico.


Uma a cada três pessoas na Lousiana irão morrer de doenças cardíacas. E no Burger King você pode comprar três sanduíches gordurosos pelo preço de um.


Um outdoor de última geração que divulga as notícias que uma rede de TV americana posta no Twitter. Seria ótimo se não tivesse feito uma associação de estupro com os três âncoras que acompanham as notícias numa fotografia que fica ao lado.


A violência na Grécia cresce, mas o anúncio veiculado na notícia diz para você dar uma pausa e tirar férias na maravilhosa... Grécia.


Se ao menos o pessoal da Turkish Airlines tivesse virado o avião no Photoshop...


Em 2020, mais de 75% dos americanos estarão acima do peso. O que não impede que o McDonald's anuncie suas bebidas a apenas US$ 1.


Uma matéria discute quem será o culpado pelos próximos ataques terroristas nos EUA. O cartoon que acompanha o texto aponta o anúncio de um DVD do documentário "O Deus que Não Estava Lá" e exibe a imagem de Jesus Cristo. Deus seria o próximo culpado?


O diário Rock Hill Herald, da Carolina do Sul colocou o anúncio de uma loja de armas, com promoções para o Natal, bem ao lado de notícias sobre o massacre na escola de Newtown.

Redação Adnews

Deixe seu comentário: