6 anúncios que reinventaram a propaganda impressa

<p>
	Capa da Cosmopolitan (Reprodu&ccedil;&atilde;o)&nbsp;</p>

É impossível dizer que o avanço do universo digital não tenha impactado profundamente a produção de materiais impressos pelo mundo. Isso não significa que o papel perdeu a sua importância como plataforma de conteúdo. Pelo contrário, todas as limitações aumentam o desafio das agências e a repercussão cresce bastante quando o trabalho consegue sair da caixa.

O melhor de tudo? É um "produto palpável", que tem a oportunidade de estar nas mãos do consumidor e não existe contato mais próximo e íntimo que este. Confira abaixo seis trabalhos que conseguiram sair do básico com ideias bastante criativas:

Capa de revista envolvida por plástico simula asfixiamento

O objetivo é chamar a atenção e aumentar a conscientização sobre os chamados "crimes de honra", onde as pessoas são assassinadas por membros de sua família em virtude de discordâncias. A campanha, criada para a entidade Karma Nirvana, foi desenvolvida pela Leo Burnett Change, um braço especializado da Leo Burnett para questões sociais.  Em 2004 a britânica Shafilea Ahmed, de apenas 17 anos, foi lamentavelmente assassinada por asfixia por seus pais, na frente de seus irmãos, após ter recusado um casamento arranjado.  

Catálogo de móveis aborda violência doméstica em campanha

A FCB Lisboa deu um exemplo de peça criativa, inusitada e objetiva nesta campanha criada para a APAV, Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Para isso, foi criado um catálogo de móveis, com fotos de residências decoradas, exemplos de acessórios etc. A revista, no entanto, tem uma diferença em comparação às demais: ela traz dados sobre casos de violência doméstica em Portugal. 

 

Chevrolet veicula vídeo dentro de revista impressa

Uma campanha, que promove a caminhonete Colorado, utilizou um player de vídeo entre as páginas das publicações Esquire e Popular Mechanics. Ao abrir as folhas com o anúncio, o consumidor encontra filmes de curta duração promovendo o carro. A ação foi desenvolvida pela McCann e reproduzida em 10 mil exemplares de cada um dos títulos citados acima.

 

Por trás da maquiagem: campanha alerta para violência doméstica

E se, ao folhear uma revista, você se deparasse com um anúncio que o convidasse a baixar um aplicativo e tirar uma foto da imagem da modelo para descobrir como ela realmente é? Essa é a proposta da campanha da organização argentina La Casa del Encuentro, criada pela VML. Mas, ao realizar o que pede a propaganda, esperando descobrir rugas ou manchas, uma surpresa: revelam-se hematomas na pele da mulher, resultado da violência doméstica sofrida por ela. 

 

HP cria rede para impressões de cartazes da Mães da Sé

Pensando em como aumentar a divulgação, a FCB Brasil assinou para a HP, em parceria com a Associação Mães da Sé/ABCD, o projeto "Imprima para Ajudar". O objetivo é aproveitar as mais de um milhão de impressoras equipadas com a tecnologia HP ePrint, que permite o envio de impressões a partir de qualquer lugar, para aumentar exponencialmente o alcance do trabalho da ONG nas diferentes regiões do país.  

 

Revista austríaca imprime edição usando sangue de pessoas com HIV

Em uma campanha assinada pela Saatchi & Saatchi Suíça, todas as três mil cópias da edição foram impressas com tinta contendo sangue soropositivo para HIV. A ação convida os leitores a adotarem uma abordagem prática para acabar com o estigma social em torno do HIV. A campanha coincide com um dos maiores eventos sobre HIV no mundo, o Life Ball, que acontece todos os anos em Viena, cidade natal da Vangardist. 

 

Redação Adnews

Deixe seu comentário: