Brahma leva “Amuleto do Hexa” para trazer sorte ao Brasil contra a Bélgica

sda

Nesta sexta-feira (06), milhões de brasileiros voltarão seus olhos para a partida entre Brasil e Bélgica que definirá quem irá para as semifinais da Copa do Mundo. Preocupadas com o resultado, muitas pessoas rezam e se apegam a amuletos para que o jogo seja favorável aos "parsas" de Neymar. Consciente dessa devoção, a Brahma se une à Torcida N°1 e convida o Feiticeiro do Hexa e o Viking Verde Amarelo para torcerem pela Seleção direto de Kazan.

Não tão conhecidos até a chegada do torneio, esses personagens tornaram-se memes mundiais e os xodós da Copa. Muito queridos, claro que eles não poderiam ficar de fora da festa que é realçada pela participação do Canarinho Pistola.

Para realizar o sonho dos torcedores e de muita gente, a cervejaria convidou o russo Yuri Torski para aprender de fato como é se sentir parte da torcida. Porém, se não bastasse esse convite, ela foi além e fez o engenheiro aeroespacial unir forças com o novo ídolo russo, Tomer Savoia, que ficou famoso como o Viking Verde Amarelo para empurrar a equipe na partida.

Confira abaixo um vídeo exclusivo dos preparativos para a concentração:

Para quem se surpreende com a ação da marca pensada pela agência Africa, a Brahma explica que como ela tem liderado as redes no apoio à Seleção, nada melhor do que juntar esses carismáticos pilares para incentivar a equipe.

Desse modo, Brahma teve a ideia no Brasil, entrou em contato com Tomer na Rússia, e já passou a buscar Torski. Tudo bem alinhado, como o esquema tático brasileiro. Com todos empenhados em ajudar a Seleção das arquibancadas.  Nem mesmo o idioma atrapalhou. E logo o convite foi feito.

“Desde quando começamos o trabalho com nossa Fábrica de Conteúdos visando a Copa do Mundo, sempre estivemos em busca de situações fora do comum no Brasil e na Rússia. Quando Yuri apareceu nos estádios, logo, a imagem começou a viralizar. Nossa equipe de monitoramento das redes sociais percebeu a situação e passamos a trabalhar em ideias para unir a torcida brasileira com o russo. Então, nada melhor do que leva-lo a mais uma partida para ele realmente se sentir parte da Torcida Nº1”, disse Rodolfo Carvalho, gerente de marketing de Brahma.

Como qualquer fanático, Yuri vai deixar Samara e seguir para Kazan, em um caminho de mais de 300km. Por volta das 6h (de Brasília, 12h locais) vai encontrar Tomer. Juntos, seguem com outros milhares de brasileiros para Arena Kazan. Enquanto isso, tudo ganhará um registro nas redes sociais da marca brasileira. O objetivo: empurrar os jogadores do Brasil em busca do hexa.

Com a Seleção em campo, o “amuleto” Yuri na arquibancada e a alegria (e ousadia) comandando os torcedores no Brasil e na Rússia, é impossível dar algo errado.

Deixe seu comentário: