Campanha mostra hematomas da agressão verbal

Diz um provérbio antigo que a palavra fere mais que uma espada. A diferença é que a cicatriz do abuso verbal é interna, ao contrário da agressão física. Entretanto, a julgar pelo dano psicológico capaz de causar, o problema precisa ser repensado com seriedade.

Olhando para essa questão, o fotógrafo Richard Johnson criou a campanha “Weapons of Choice”, que destaca a dor causada por insultos verbais. A partir de maquiagens incríveis, que transformam hematomas em palavras ofensivas como “estúpido”, “burro” e “idiota”, o artista capturou retratos impactantes para transmitir sua mensagem.

"Eu acho que o objetivo geral do projeto é acender uma luz sobre o fato de que, quando nós estamos falando em assédio moral, como sociedade, isso é tão grave como um abuso físico real", disse Johnson ao The Huffington Post. 

O fotógrafo também afirmou que o abuso verbal é um problema gigantesco em nossa sociedade, mas que, com base em sua própria experiência pessoal, ele gostaria de se concentrar nas ações de figuras de autoridade, como os pais, por exemplo.

Ele também sente que há sempre três pessoas envolvidas em cada situação de abuso: o agressor, a vítima e uma testemunha. "Não é sobre a fotografia ou o fotógrafo. Trata-se de um problema maior e que precisa estar na mente das pessoas", finalizou Johnson.

Confira as peças:

Redação Adnews

Deixe seu comentário: