Coleção da adidas reverterá parte das vendas para a causa LGBT

sda

Para celebrar a diversidade e a igualdade no mês do orgulho LGBT, a adidas Originals uniu forças com a Casa 1 para produzir uma sessão de fotos especial no lançamento nacional do Pride Pack. A campanha foi produzida por colaboradores da ONG paulistana, que há 2 anos tem como missão receber LGBTs em situação de risco, oferecendo cultura e acolhimento.

A ação reuniu os cantores Mateus Carrilho e Ana Gabriela, o publicitário Caio Baptista Antônio, o organizador da Gaymada Bruno Kawagoe, a DJ Ledah Martins e a apresentadora Ikaro Kadoshi. Com o centro de São Paulo como cenário, os cliques ficaram por conta da fotografa Anna Valentina.

“Para a Casa 1, contar com uma marca global como a adidas é fundamental para ampliar o projeto e promover as mudanças estruturais que acreditamos. Nosso trabalho é mostrar para essas pessoas que, apesar do preconceito que sofreram, elas têm direitos”, Iran Giusti, idealizador do espaço.

“Lutamos todos os dias por uma revolução, pois toda forma de amor precisa ser respeitada. Nossa militância é diária, seja através da música, arte ou cultura, mostramos para a sociedade o quanto é natural e como pertencemos aos mesmos lugares”, explica Matheus Carrilho. “As pessoas enxergam nesta parceria que os looks deixam de ser peças do dia-a-dia para se transformarem em uma grande mensagem de amor, igualdade e orgulho de ser quem quiser ser, independente da sexualidade, gênero, cor ou religião”, conta a Drag Queen Ikaro Kadoshi.

A coleção adidas Originals Pride Pack foi desenvolvida sob a base bege, com detalhes coloridos em tons pasteis. Já as palmilhas dos sneakers I-5932, Campus e o novo Deerupt, ganharam efeitos exclusivos que remetem ao arco íris, símbolo mundial do movimento LGBT, além da frase ‘‘Love Unites‘‘.

Com parte da venda revertida para os projetos da Casa 1, todos os modelos estão disponíveis nas lojas da adidas Originals, multimarcas e no e-commerce da marca.

Confira abaixo algumas fotos do ensaio:

Deixe seu comentário: