Em tempos de Instituto Royal, veja 10 campanhas em defesa dos animais

<p>
	Em tempos de Instituto Royal, veja 10 campanhas em defesa dos animais<em> (Reprodu&ccedil;&atilde;o)</em></p>

Na madrugada da última sexta-feira, 18, ativistas invadiram o Instituto Royal e retiraram 178 cães da raça beagle do local. Os animais eram utilizados em testes científicos.

Segundo os próprios invasores, os cães foram vítimas de maus-tratos e serviam como cobaias em testes de cosméticos e produtos de limpeza. O Adnews aproveita a discussão sobre o tema e compila 10 campanhas em defesa dos animais.

Confira:

Você poderia viver como um macaco artista?

Campanha da PETA assinada pela BBDO de Nova York mostra o chocante encontro entre um macaco artista e uma arma de fogo. Curiosidade: o animal do vídeo foi criado em computação gráfica. "Você poderia viver esta vida?", diz o narrador.


Não jogue fora seu animal de estimação

Anúncio que faz parte da campanha desenvolvida pela Nova/SB para a Prefeitura Municipal de São Paulo. A peça lembra que um PET não é descartável.


Espremendo até a última gota (de sangue)

Esta peça foi criada pela Heads Propaganda para Instituto Sea Shepherd e questiona a matança desenfreada de animais marinhos.


A ganância do homem poderia salvar as espécies

Você já se perguntou por que os porcos, frangos, bois e vacas não entram na lista de animais em extinção? Este é o questionamento da Fischer na campanha institucional da Conservação Internacional. As peças colocam animais raros no lugar daqueles bichos protegidos pelo dinheiro.

 


A indiferença dos gigantes

A Peta alega que tentou transmitir este comercial no Super Bowl, mas não conseguiu. Ele ironiza o mascote do KFC, que observa, impassível, um frango sendo espancado.


Tem conserto?

A BBDO da Espanha criou três peças para a WWF com forte apelo visual e reflexivo. O conceito diz que “a extinção não pode ser consertada”.


O dinheiro precisa voltar para eles?

Campanha da Long Play para o Fórum Nacional Proteção Animal. "Colocaram os animais no nosso dinheiro. Agora ajude a gente inverter a ordem."


Comemorando a dor

A F/Nazca desenvolveu esta campanha para o Projeto Esperança Animal. Na peça abaixo, o Leão comemora as chibatadas.


Como salvar todos?

Este anúncio faz parte da campanha "Tempestade", criada pela Heads Propaganda para a ONG Sea Shepherd. Ele mostra que não dá para salvar todos os animais, exibindo uma chuva de tubarões e algumas pessoas com uma cama elástica para amortecê-los.


Sinta na pele

E se nós, os seres humanos, pudéssemos sentir o que os animais sentem nos testes de laboratório? A ideia da britânica Lush foi exibir na vitrine de uma de suas lojas uma mulher como cobaia. Iniciativa da Humane Society International.

Imagens: CCSP, Ads of the World e IB Times

Por Leonardo Araujo

Deixe seu comentário: