Exército da Salvação trolla políticos em campanha

fddf

Em vez de peças com apelos emocionais, como é comum em ações sociais, a nova campanha do Exército de Salvação partiu para o bom humor para mobilizar as pessoas em seu trabalho de arrecadação de donativos.

A comunicação foi buscar exemplos até mesmo nas figuras de políticos internacionais, como Donald Trump e Kim Jong-un, para mostrar que o que pode não servir para uns pode ser perfeitamente útil para outros.

“Como o Exército de Salvação arrecada objetos em bom estado, nós procuramos lembrar às pessoas que talvez elas tenham algum presente, alguma roupa, algum móvel ou qualquer outra coisa muito boa em casa que não é usada apenas porque elas não gostam, não se identificam ou esqueceram em algum canto”, conta Eiji Kozaka, diretor de criação da WMcCann.

Confira abaixo o filme da nova campanha que deixa isso claro com a cena de uma garota que recebe um daqueles presentes que não têm nada a ver com ela, uma roupa completamente fora do seu estilo:

Ficha Técnica:

CCO: Hugo Rodrigues e André Marques
Direção de criação: Eiji Kozaka e Marcelo Conde
Criação: Eduardo Ferraz e Gustavo Giorelli
Atendimento: Ana Helena Coutinho, Vivian Cecchi, Vitória Carvalho e Andressa Moro
RTV: Julia Seligmann e Viviane Guedes
Produtora do filme: Cine Cinematográfica
Diretor: La Sangre
Diretor de Fotografia: Daniel Belinky
Diretor Arte: Débora Pascotto
Produção Executiva: Raul Doria e Federico Calabia 
Montador: Lucas Camara 
Atendimento: Victoria Scaff e Leticia Baptista
Finalizadora: Cine X
Ilustrador: Estúdio Ícone, Eduardo Ferraz, André Dedos e Nervo Coletivo
Produtora de Som: Cabaret
Trilha: Cabaret
Produção Musical e Sonoplastia: Ângelo Colasanti
Maestro: Ângelo Colasanti
Mixagem: Gab Scatolin
Atendimento: Ingrid Lopes
Coordenação: Verusca Garcia e Nicole Bonnet
Projetos: Jaqueline Travaglin, Denise Kotsubo e Priscila Andrade
Aprovação pelo cliente: Adalberto Malva, Tiago Mendes e Karen Suto

 

 

Deixe seu comentário: