Julgamento de estereótipos é motivo do novo posicionamento de Knorr

knorr

A Knorr está com novo reposicionamento de marca. A campanha, um projeto da MullenLowe Brasil começará a ser veiculado hoje, 14,nas principais emissoras de TV aberta e na internet. A comunicação traz um novo olhar para Knorr e explora a utilização de ingredientes naturais em todos os seus produtos. Ao som de um rap, o “Manifesto” da marca revela diferentes situações em que pessoas são julgadas por seus estereótipos, fazendo um paralelo com Knorr, um produto processado e tradicional na mesa das famílias brasileiras, cuja procedência de seus ingredientes não é conhecida pelo público. Dessa maneira, a campanha revela um benefício de Knorr até então despercebido pelos consumidores e provoca as pessoas a reverem os seus conceitos e as convida a conhecerem melhor a marca Knorr.

José Henrique Borghi, co-CEO/CCO da MullenLowe Brasil falou sobre o movimento: “Criativamente, buscamos trabalhar uma proposta moderna para Knorr, não apenas para falar de sabor, como sempre fizemos, mas sim sobre uma preocupação cada vez maior na vida das pessoas, que é a ‘saudabilidade’ dos alimentos. Desde o rap, até a execução final de todas as ideias, a comunicação revela algo muito maior sobre a marca”.

Além dos filmes, produzidos pela Paranoid, com direção do Cisma e trilha da Saxsofunny, a campanha de reposicionamento contará com OOH, PDV, social e ações diferenciadas em digital, como um endless vídeo, um jogo em mobile com quiz seguindo o mote de não julgamento, de quem são ou o que fazem as pessoas que aparecem na tela. Já na fase de divulgação dos produtos e temperos, a comunicação contará com vídeos com pratos preparados com Knorr e receitas em mobile.

FICHA TÉCNICA

Agência: MullenLowe Brasil
Cliente: Unilever
Produto: Knorr
Títulos: “Manifesto” e “Stomp Janelas”
Direção-Geral de Criação/Brasil: José Henrique Borghi
Direção-Geral Global de Criação e Presidente do MullenLowe Global Creative Council: Jose Miguel Sokoloff
Direção Global de Criação/Londres: Tom Hudson
Direção de Criação: Marta Matui, Eduardo Salles e Gil Pinna
Criação: Marta Matui, Gil Pinna, Victor Toyofuku, Eduardo Castello Branco, Victor Jermann, Tiago Moralles e Juliano de Almeida
Direção de Criação Digital: Mario Jorge
Criação Digital: Mario Jorge e Daniele Chiarantini
Direção de Operações: Patricia Venturini
RTVC: Patricia Oliveira
Atendimento: Robert Filshill, Paula Borges, Graziela Guido e Juliana Jezernicky
Planejamento: Gabriela Soares, Ana Luiza Santos, Raphael Zem e Felipe P­­­ádua
Mídia: Rosana Ribeiro, Daniela Moura, Roberta Garcia e Marcus Luiz
Produtora: Paranoid
Direção: Cisma
Produção: Gisela Takara
Direção de Fotografia: Paulo Mendes (Lito)
Direção de Arte / Produtora: Ale Maestro
Pós-Produção: Atomo VFX
Montador: Celso Vilalba
Trilha: Saxsofunny
Maestro: Zezinho Mutarelli e Cezar Brandão
Locução: André Caccia Bava (Filme Stomp)
Intérprete: Lupa Mabuze (Filme Manifesto)
Aprovação do Cliente: Francisco Spirito, Adriana Vichino, Izabele Rodriguez, Marcella Puglia, Vânia Godoy e Tassia Siegl

Deixe seu comentário: