Morre Neil Ferreira, criativo da DPZ e inspiração de Olivetto

sad
Foto tirada do Blog Graça Craidy

“Outro nome que chamou logo a sua atenção foi o do redator Neil Ferreira, prodígio da propaganda que apareceu na FAAP para fazer uma palestra. Washington ficou tão impressionado com a agilidade mental e a articulação daquele sujeito magrinho, de calça jeans de veludo e cabelos cacheados (...). A lembrança do Neil era o que mais se aproximava do que eu supunha ser um publicitário”. Assim é a forma com que Fernando Morais descreveu a impressão de Olivetto no livro “Na Toca dos Leões” na primeira vez que viu um dos criativos mais importantes que o Brasil já teve.

Famoso pela sua inteligência, o profissional tornou-se um dos maiores ícones da propaganda brasileira na dupla iniciada nos anos 60 com José Zaragoza, o Z da DPZ morto em maio deste ano, que durou mais de 18 anos.

Consagrada como uma das melhores parcerias, os amigos criaram campanhas históricas como a “Menino de Olhos Vendados”;

A “Leão do Imposto de Renda”;

E a inesquecível do “Baixinho da Kaiser”.

Distante da publicidade desde 2002, o comunicador que se dedicava a freelancers e a criação de crônicas morreu aos 74 anos na tarde de terça-feira (07).  Com velório realizado no Hospital Albert Einstein, o corpo será levado para cremação na quarta (08) no Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo. A cerimônia ocorre às 14h.

Deixe seu comentário: