Em muitas partes do mundo, a desigualdade de gênero ainda é um problema. As mulheres não têm sálarios adequados, posições em seus empregos dignas de sua competência, educação e saúde. Pensando nisso, Christopher Hunt , da Ogilvy & Mather de Dubai, em parceria com a ONU Mulheres, desenvolveu anúncios… Diferentes.
 
As peças mostram o que o recurso autocompletar exibe quando a busca do Google é usada para buscar termos como "as mulheres precisam", "as mulheres devem" e "as mulheres não podem", revelando as opiniões repugnantes que as pessoas ao redor do mundo têm sobre o sexo feminino.
 
Em "as mulheres devem", por exemplo, o Google – cujo recurso autocompletar funciona baseado em buscas reais – exibe como sugestões de complementos "as mulheres devem ficar em casa", "as mulheres devem ser escravas", entre outros impropérios.
 
Abaixo do quadro que representa a busca do Google – que aliás, fica posicionado sobre a boca de uma mulher, dando um tom de censura à peça -, o anúncio mostra a que veio com a frase: "As mulheres devem ter o direito de tomar suas próprias decisões".
 
Confira as peças:
 
 
 
 
 
Redação Adnews
 
Deixe seu Comentário

Leia Também

2014

+ Ver mais

Brasil terá 15 jurados em Cannes

por Redação Adnews

ADFestivals

+ Ver mais

El Ojo anuncia 4 novos presidentes de júri

por Redação Adnews

ADInsights

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

AdMovies

+ Ver mais

O Mecanismo e O Negócio entram na luta pela audiência de séries

por Eliane Munhoz do Blog de Hollywood

ADScreen

+ Ver mais

Ciclo de regravação dos clássicos chega a SWAT

por Elaine Munhoz, do Blog de Hollywood

Ana Paula Passarelli

+ Ver mais

Como as (novas) mudanças no Youtube vão impactar os criadores de conteúdo?

por Ana Paula Passarelli, estrategista de negócios digitais e consultora de inovação

Antonio Carlos Moura

+ Ver mais

Mercado de comunicação: mais difícil e mais divertido

por Antonio Carlos Moura

Daguito Rodrigues

+ Ver mais

Para onde foi o sangue que havia nos olhos?

por Redação Adnews

Design Thinking

+ Ver mais

Reclamar! Vício, autopiedade ou um SOS?

por Marcelo Ponzoni, Diretor executivo da Rae,MP

Especial Google

+ Ver mais

Quer falar com mulheres? Olhe para os dados, não para os estereótipos

por Artigo de Kate Stanford, diretora global de marketing e publicidade no Youtube

Especial TV Aberta

+ Ver mais

Como a TV conversa com o Youtube?

por Gabriel Grunewald

Fábio Prado Lima

+ Ver mais

Face priorizará posts de amigos e familiares. O que isso pode significar para quem é social media?

por Fábio Prado Lima, diretor da AdResults e professor do Face Ads Descomplicado

Fernanda Romano

+ Ver mais

Janelas

por Redação Adnews

Julio Moraes

+ Ver mais

Hey, mercado, vamos fazer o #MeaCulpa?

por Artigo por Julio Moraes, digital marketing executive na #SocialGroup

Leonardo Araujo

+ Ver mais

A Gillette sabe o que faz. Já Neymar…

por Adinsight por Leonardo Araújo

Marcia Esteves

+ Ver mais

Por que eu não sou uma gênia?

por Marcia Esteves, co-presidente da Grey Brasil

Marcos Giovanella

+ Ver mais

A ciência por trás do Big Data

por Marcos Giovanella

Mauricio Magalhães

+ Ver mais

Sair da caixa é ficar dentro dela. Ufa!

por Mauricio Magalhães

Mentor Neto

+ Ver mais

Os Millennials em Promoção

por Por Mentor Neto, sócio e CCO da Bullet

Rafael Martins

+ Ver mais

Você tem certeza que “seu cliente não entende nada”?

por Rafael Martins, Co Fundador e CEO do Share

Raul Santahelena

+ Ver mais

Marcas, por que é tão difícil se colocar no lugar do outro?

por Artigo de Raul Santahelena

Renata Serafim

+ Ver mais

Brasil… Mostra a sua cara!

por Adnews

Silmo Bonomi

+ Ver mais

Publicidade de verdade

por Adnews