BK premia quem postar no LinkedIn que foi demitido

asd

O verbo “queimar” não tem incontáveis sentidos só no Brasil. Nos Estados Unidos também foram criadas diversas expressões que usam a palavra. Na Terra do Tio Sam, uma das mais famosas é a gíria “fired” que significa “demitido”. Para brincar com o termo e promover seus lanches, que são feitos grelhados na brasa, o Burger King em parceria com a David criou uma ação que tirou, ao menos por instantes, pessoas que foram despedidas da rua da amargura.  

Nominada de “Whopper Severance” (trocadilho com o principal sanduíche da rede e o substantivo perseverança), a interação da empresa não empregou quem estivesse sem trabalho, mas distribuiu 2.500 lanches para quem postasse publicamente no LinkedIn que acabara de perder o serviço.  

Para quem se surpreende com a contestável exposição nas redes sociais, não é a primeira vez que ela solicita postagens ao seu público. Em 2009, a “Whopper Sacrifice” da CP+B deu combos aos usuários que excluíssem 10 amigos de seu Facebook. A estratégia teve tanta repercussão que a própria rede social de Mark Zuckerberg teve que mudar suas configurações internas para estancar a corrente de “inimizade”.

Perguntado pelo Creativity, O LinkedIn disse que não teve participação alguma no projeto.

Deixe seu comentário: