Facebook testa novidades na monetização de vídeos

video

O Facebook anunciou hoje três atualizações relacionadas à monetização de vídeos na plataforma e também por meio do Audience Network, ferramenta que expande o alcance das campanhas da rede social para outros meios e que ainda não está disponível no Brasil. A ideia, segundo a empresa, é ajudar seus parceiros a rentabilizar seus conteúdos audiovisuais, tanto dentro do Facebook como em seus próprios websites e aplicativos. Por enquanto, as novidades estão disponíveis apenas no mercado americano.

Testes de Ad Breaks para mais criadores de vídeos LIVE

Nos últimos meses, um pequeno grupo de criadores de vídeos tem testado os Ad Breaks para ganhar dinheiro com vídeos ao vivo. Como o nome implica, o recurso permite que os criadores insiram curtos intervalos para anúncios durante suas transmissões. Ao optar por inserir os Ad Breaks, as pessoas que estão assistindo os vídeos verão um anúncio in-stream de até 15 segundos de duração e 5 de transição, totalizando em um intervalo de no máximo 20 segundos. Os criadores de conteúdo receberão uma parcela da receita publicitária.

Ad Breaks em vídeos on-demand

O Facebook começou a testar também o recurso de Ad Breaks em vídeos on-demand, permitindo que anunciantes incluam pequenos intervalos de anúncios em vídeos que eles já fizeram upload ou que já estão dentro de suas bibliotecas. Segunda a rede social, diversos parceiros nos EUA estão participando desse teste.

Anúncios em vídeos in-stream do Audience Network

O Audience Network é um serviço que insere publicidade de anunciantes do Facebook em sites e aplicativos terceiros e ainda não está disponível no Brasil. Nos Estados Unidos, o Facebook disponibilizou hoje vídeos in-stream para todos os anunciantes elegíveis do Audience Network, que tenham inventário disponível. Agora, eles poderão levar anúncios de vídeo relevantes para pessoas em todo o mundo, tanto em dispositivos móveis como desktops.


Deixe seu comentário: