Construtora cria storytelling em OOH e chama a atenção de paulistanos

fdas

Milhões de pessoas cruzam a Grande São Paulo todos os dias. Seja para ir ao trabalho, estudo ou lazer, o metrô e as estradas são os caminhos mais utilizados e presentes na rotina do paulistano. Seu uso é tão comum e ordinário que é muito difícil algo que lá acontece mobilizar os passageiros. Porém, uma placa com os dizeres “MÁRCIA VOLTA PRA MIM!!! EU TE AMO!” gerou curiosidade em muitos usuários que as viram espalhadas pela zona metropolitana da capital.

Em uma ação de OOH com a lógica parecida aos cases de sucesso como Robson e a "Perdi Meu Amor na Balada” da Nokia, os organizadores da campanha sabiam que a intervenção levantaria dúvidas e criaram uma fanpage com a mesma frase que o suposto apaixonado fixou nas estações. Sem entender nada, muitos internautas comentaram e se perguntavam o que acontecia.

Alguns, mais atentos, previram ser jogada de marketing, mas nem os escolados no assunto imaginariam que todo o projeto foi pensado pela construtora Hoga em parceria com a agência de publicidade Alpha Infinito. 

Revelada há algumas horas, a brincadeira gerou controvérsias ao revelar que o amante queria reconquistar sua paixão com a compra de uma “casa com quintal graaande que você tanto queria lá no Bosque Dos Pássaros”.

Veja abaixo a reação dos seguidos da página no Facebook:

Para saber mais sobre a história da agência, como a ideia surgiu e os resultados da estratégia conversamos com Augusto Sampaio da Alpha Infinito. Confira abaixo o bate-papo: 

Qual a história da Alpha Infinito? 

A Alpha Infinito é uma agência de publicidade criada em 2002 com foco em varejo e especializada em mercado imobiliário. Atualmente nossa atuação está mais direcionada para planejamento estratégico e consultoria de marketing.

Como surgiu a ideia de contar uma história de amor nas plataformas de metrô?

Com o mercado como um todo bastante difícil - e em especial o imobiliário – temos feito muitas ações em diferentes veículos e lançado mão de diferentes estratégias para conseguir resultados positivos, e essa ideia surgiu em um momento de brainstorm em que as ações convencionais já estavam se mostrando desgastadas ... era preciso um respiro para refrescar tudo: ideias, conceitos, abordagens ... e brincar um pouco numa época em só se ouve falar em corrupção, denúncias, brigas de políticos, etc

É difícil imobiliárias apostarem em uma estratégia dessa maneira no Out Of Home. Como foi a concepção da campanha?

Sim, é difícil, mas aqui temos uma situação diferente: a Hoga é uma construtora que como todas as outras se viu diante de um mercado em crise, o que a obrigou a se ajustar rapidamente ao novo cenário. A Alpha Infinito foi contratada para fazer o planejamento estratégico da virada em setembro do ano passado, e desde então criamos uma relação tão estreita que uma campanha com esse arrojo foi aceita em função dos resultados obtidos nos últimos doze meses.

A resposta por parte do cliente e a procura por casas no Bosque dos Pássaros têm sido positivas?

O “mistério” da campanha somente foi revelado a partir de segunda-feira (30) e agora começaremos a colher os resultados. Criamos uma página no Facebook que atualmente tem 14.000 seguidores e para esse público serão feitas ações de estímulo à visitação à casa decorada, no plantão de vendas. Assim, os resultados aparecerão nos próximos 30 dias.

Houve inspiração nas ações de campanhas OOH como a do Robson e da “Perdi Meu Amor na Balada” da Nokia?

Não, nenhuma

Há algo que você sentiu falta em perguntar?

Nós – publicitários – sabemos que não existe agência boa sem cliente bom. Uma boa ideia não toma forma se o cliente não encampá-la e aprová-la. A Hoga entrou na aposta junto com a Alpha Infinito e viabilizou a realização da campanha.

Deixe seu comentário: