Plataforma da W+K transforma vinil em arte visual

vinil

Os discos de vinil eram muito comuns nas décadas de 60, 70 e 80. Como qualquer ferramenta musical, os discos eram usados em toca discos para “musicalizar” o ambiente. Populares outrora, os mesmos se tornaram raridade nos tempos de hoje, considerando diversas invenções como discman, MP3, iPod e até smartphones.

Para relembrar essa parte da história, uma nova plataforma desenvolvida pela Wieden + Kennedy de Amsterdam pretende oferecer "música que você pode ver", adicionando imagens de realidade aumentada quando você roda um disco no aparelho de som

Para o projeto, o "Departamento de Novas Realidades" da agência criou a plataforma LAVA e sua primeira aparição está em um novo aplicativo projetado para o lançamento em vinil do álbum de estréia da artista Necessary Explosion, de Amsterdã. Usando o aplicativo, o ouvinte pode usar seu telefone ou tablet para ver as esculturas de AR psicodélicas que acompanham a fase dos anos 70 de cada música enquanto tocam o álbum.

A novidade utiliza tecnologia de fingerprinting de áudio para acionar o conteúdo AR especificamente projetado para cada faixa e os ouvintes podem se envolver com as esculturas, movendo-se em torno delas, à medida que as animações baseadas em proximidade reagem quando você se aproxima ou se afasta.

"A indústria da música passou por várias reinvenções alimentadas pela mídia e tecnologia. Com a LAVA, queríamos continuar evoluindo a magia da música e experiência de ouvir, mas criar algo que as pessoas nunca viram antes. O lançamento de vinil iminente de Explosion necessário era a oportunidade perfeita para experimentar este conceito, e para emparelhar o ritmo nostálgico dos anos 70 com a nova tecnologia e dar-lhe uma reviravolta retro-futuro" afirma Anita Fontaine e Geoffrey Lillemon, diretores criativos do Departamento de Novas Realidades da agência holandesa.

Deixe seu comentário: