Primeira empresa de app experience no mundo é lançada no Brasil

Acaba de ser lançado no Brasil o Twizer, que traz ao mercado um modelo novo para promover aplicativos e engajar usuários. O conceito se baseia na tendência do O2O, indo do universo off-line para o online.

Por meio de espaços ultra tecnológicos chamados de spots, que podem ser totalmente personalizados com as cores, logo e imagens das marcas, instalados em locais como shoppings, aeroportos e rodoviárias, a empresa desmistifica o funcionamento dos aplicativos com a ajuda dos "Twizers", app experts que ensinam as pessoas a tirarem o melhor proveito dessas ferramentas. O primeiro spot do Twizer está alocado no Shopping Iguatemi, em São Paulo, do dia 7 de dezembro até 15 de fevereiro.

Criado por Gilberto Lopes, Daniel Lombardo e Marco Ferreira, a empresa recebeu aporte inicial de R$ 2 milhões do Grupo Retail Way, holding que os idealizadores criaram para controlar suas empresas. A ideia do negócio surgiu quando seus fundadores, que acumulam vinte anos de experiência no planejamento, desenvolvimento e operacionalização de equipes de Live Marketing para os maiores players de tecnologia do mundo, enxergaram um gap no mercado em relação a aquisição de usuários para aplicativos.

Antes de lançar a empresa, os idealizadores fizeram um trabalho apurado de pesquisa em vários países até chegar no modelo do Twizer, com foco em pilares como aquisição, engajamento e retenção de usuários. "Hoje, a aquisição de usuários é feita através dos meios tradicionais, como internet, TV, outdoor. O diferencial do Twizer é que, pela primeira vez, os apps sairão do mundo digital e passarão a estar presentes na vida real, proporcionando uma experiência inédita para os usuários", explica Lopes.

Nessa primeira rodada, serão promovidos vinte aplicativos de diferentes segmentos, como 99 Taxis, Airbnb, Spotify, Adobe, Jet Smarter, entre outros. O Twizer ainda terá a vertical "Apps do Bem", que vai promover, sem custo algum, aplicativos que trabalham gratuitamente em prol de causas nobres, como AACD, Instituto Ayrton Senna, GRAACC e Hand Talk. "Através da iniciativa ‘apps do bem’ mais pessoas conhecerão os apps, poderão fazer doações no conforto e na privacidade do seu smartphone e ajudarão instituições sérias e comprometidas com causas nobres," afirma Lopes.  Além disso, o Twizer também terá seu próprio aplicativo, com curadoria de conteúdo exclusiva, voltado à recomendação dos melhores apps, dicas de uso, updates e novidades, tudo com o objetivo de turbinar o smartphone dos usuários.

"Nossa estratégia é falar o idioma do usuário, simplificando a vida das pessoas, seja uma criança, um jovem, um adulto ou um idoso", afirma Lopes.

A empresa inicia a operação no Brasil, com planos de expansão para a América Latina, já no ano que vem. Em 2017, o objetivo é expandir globalmente. "A oportunidade é imensa no Brasil e no mundo. Em 2016, serão 3 bilhões de pessoas utilizando smartphones e o desafio de adquirir e engajar usuários será ainda maior, independente da cidade ou país. Nosso maior desafio será a disruptura de modelo", complementa Lopes. A expectativa da empresa é ter cinquenta spots instalados até o final de 2016, engajando cerca de cinco milhões de pessoas.

Redação Adnews

Deixe seu comentário: