Tablet montado no Brasil terá de ter componentes nacionais

 

O governo publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira os critérios que os fabricantes de computadores tablet terão de cumprir para se beneficiarem de isenções fiscais. As regras do processo produtivo básico dão prazo para o início da montagem local de componentes sofisticados como telas a partir do final de 2013.
 
A portaria dos ministérios de Ciência e Tecnologia e de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior foi publicada depois que o governo incluiu os tablets na chamada "Lei do Bem". A legislação permite que o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) baixe nesses produtos de 15 para 3 por cento. Além disso, a alíquota do PIS/Cofins cai de 9,25 por cento para zero. A expectativa do governo é que os preços ao consumidor dos tablets nacionais caíam em cerca de 30 por cento.
 
A íntegra está disponível na Reuters.
 

Deixe seu comentário: