Uber patenteia sistemas anti-enjôo para carros autônomos

uber carsick

A experiência na hora da compra é um diferencial. E as marcas que entenderam a importância dessa jornada se colocam à frente na disputa pela atenção destes possíveis clientes. O tradicional Starbucks, é um exemplo tão forte que recentemente até serviu de inspiração para a criação de uma loja da Vivo. Outra amostra de sucesso é o Uber. A marca prova que não se trata “só” de modelo de negócio, mas sim de constantemente aperfeiçoar a experiência de quem viaja através dos seus serviços. Seu próximo passo? Carros autônomos.

Veículos autônomos podem deixar estômagos mais sensíveis nauseados. A marca, então, registrou uma patente com ferramentas para enganar o cérebro e lidar com esse problema. O documento descreve sistemas com efeitos de luz e ar simulando mudanças de direção e assentos móveis que vibram para dar ao passageiro a sensação de que ele está indo em determinado sentido. Um estudo da revista Scientific Experiment Brain Research mostra que a exposição ao fluxo de ar mostra reduzir significativamente o enjôo.

De acordo com o Mashable, que descobriu o furo, “não há como dizer se essas patentes serão realmente comercializadas e colocadas em ação”.

 

 

 

Deixe seu comentário: