Setembro amarelo Trabalho ambiente corporativo

​Setembro Amarelo: como trabalhar saúde mental dentro das empresas

No home office ou no presencial, existem diversas maneiras de estimular o debate sobre o tema

No último ano, as incertezas quanto à rotina de trabalho aumentaram, colocando em xeque o equilíbrio entre qualidade de vida e universo corporativo. Segundo uma pesquisa da Capita, empresa de consultoria britânica, 79% dos colaboradores sofreram estresse no trabalho no último ano.

A pressão por resultados, preocupação por estabilidade e até mesmo a autocobrança excessiva foram respostas comuns ao novo modelo híbrido, o que levou à aparição de problemas mentais como ansiedade e depressão, e falar sobre saúde mental nas empresas nunca se fez tão necessário. 

Mas como fazer? Há diversas ações que as companhias podem desenvolver e que demonstram cuidados com a saúde e bem-estar dos seus colaboradores. Abaixo, Rodrigo Cabral, diretor de vendas da Progic, plataforma líder em TV corporativa no Brasil, compartilha algumas.

1. Abra a conversa sobre o assunto

“Às vezes não sabemos como iniciar a conversa sobre o assunto, por isso as ações são tão importantes, mostram para os colaboradores que a empresa é um espaço seguro para se abrir e pedir ajuda caso necessário. Você pode realizar campanhas de endomarketing para promover cuidados – desde físicos e psicológicos até financeiro e outros -, além de fortalecer que ali é um ambiente seguro e confortável, um canal de comunicação à disposição sempre que necessário”, considera Cabral.

Se sua empresa está totalmente em home office, alguns materiais podem ser enviados para as casas dos colaboradores, como um kit com uma cartilha informativa e outros objetos relacionados à campanha. Além disso, os canais de comunicação da empresa, como as TVs corporativas, podem ser utilizados para a divulgação de conteúdos sobre o tema para aqueles que optaram pelo presencial e aqueles que não puderam parar – como nas fábricas.

2. Treine as lideranças

De nada adianta ter uma cultura que promova a saúde mental no trabalho, se a liderança não for treinada para lidar com pessoas. O relatório da Capita mostra que  49% das pessoas não acham que seus líderes imediato saberiam o que fazer se eles conversassem com ele sobre um problema de saúde mental.

“Investir em palestras, workshops e dinâmicas para que todos desenvolvam a visão humanizada de gestão é essencial para preparar a liderança e construir um ambiente onde todos se sintam confortáveis”, sugere Rodrigo.

3. Ofereça apoio 

O apoio psicológico ou psiquiátrico é de extrema importância nos casos de distúrbios mentais, depressão ou predisposição ao suicídio, portanto, sua empresa pode divulgar contatos de bons profissionais da área, ou proporcionar benefícios e parcerias com descontos. 

4. Ações Sociais

Promover ações sociais também é uma ótima forma de envolver os colaboradores na causa Setembro Amarelo. “Você pode escolher uma instituição para apoiar, ou então realizar pequenas ações no bairro ou no próprio prédio em que a empresa está localizada. e não falamos apenas em apoio financeiro, mas também trabalhos voluntários”, sugere Cabral. 

5. Promova palestras

Uma das melhores formas de debater o tema com os colaboradores é promovendo um evento e convidando algum profissional, como psicólogos ou até influenciadores, para falar com propriedade sobre o assunto. Isso pode ser realizado online, através de videochamada com os colaboradores, ou até mesmo por uma live nas redes sociais.

6. Invista em momentos de descompressão

Uma boa prática nas empresas é o investimento em ginástica laboral. Exercícios nos intervalos de uma atividade ou outra são ótimas fórmulas para descompressão do estresse e clima tenso no dia a dia corporativo, além de aumentar a produtividade.

“Uma pesquisa da Organização Mundial da Saúde apontou que, para cada US$ 1 investido em ações que promovem melhorias na saúde e bem-estar mental dos colaboradores, US$ 4 são percebidos em ganhos com o aumento da produtividade. Encontrar maneiras de apostar nisso, seja no home office ou no presencial, é essencial para o sucesso de todos”, finaliza Rodrigo.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Post anterior
Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis Rebeca Andrade estrela campanha do filme

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis: Rebeca Andrade estrela campanha do filme

Próximo post
Bob's milk shake de bacon

Bob’s relança milk shake de Bacon para o Festival do Bacon

Posts Relacionados