12 capas de revistas inesquecíveis

Seleção feita pelo site Mashable relembra publicações históricas

A capa de uma revista precisa ser forte. A função primária é chamar a atenção do leitor para que ele se sinta seduzido a comprar a publicação na banca de jornal.

O site Mashable selecionou 12 capas históricas que, na opinião da publicação, nunca serão esquecidas.

Confira a lista e deixe sua opinião nos comentários: faltou alguma?

12 – People – Set/1997

Esta edição da People vendeu 3 milhões de cópias. É a segunda mais venida da história da publicação, perdendo apenas para a capa sobre o atentado ao World Trade Center.

11 – Time – Mai/2012

A edição da Time provocou um debate sobre amamentação. Existe uma idade limite para amamentar? É ok dar de mamar em público? O que é melhor para a saúde da criança? Segundo o fotógrafo Martin Schoeller, autor da imagem controversa, a ideia de amamentação remota a figura de um bebê nos colos da mãe, algo que não acontece nos dias de hoje. Não com as crianças mais velhas, é claro.

10 – Esquire – Out/1966

A capa alltype divulgava a reportagem mais longa já publicada pela Esquire e também mudou os rumos da opinião pública sobre a guerra do Vietnam. O autor da reportagem, John Sack, ficou surpreso, pois esperava uma foto de guerra qualquer. Harold Hayes e George Lois, os criadores, disseram que o repórter não havia entendido seu próprio artigo no fim das contas.

9 – Sports Illustrated – Abril/2013

O atentado na Maratona de Boston ocorreu horas antes do fechamento da revista, o que fez com que os editores corressem para produzirem uma capa convincente. O resultado foi esta capa chocante.

8 – Esquire – Dez/2000

O fotógrafo desta capa da Esquire teve apenas 7 minutos para produzir a fotografia. Inicialmente, ela deveria captar o espírito de Lincoln em seu memorial (veja aqui). O problema é que alguns críticos acharam que a imagem remetia aos então recentes escândalos sexuais do presidente.

7 – Time – Abril/1997

Ellen DeGeneres, então estrela de Hollywood, decidiu sair do armário justamente na capa da Time. O resultado? Entrou no ostracismo durante três anos e não conseguia emprego.

Hoje em dia, é uma das mais respeitadas apresentadores da TV dos EUA e, recentemente, foi anunciada como a próxima apresentadora do Oscar.

6 – New York – Nov/2012

Esta imagem de Manhattan durante o furacão Sandy ganhou o prêmio de Capa do Ano da Sociedade Americana de Editores de Revista.

A foto também foi utilizada para inaugurar a conta da revista no Instagram.

5 – People – Set/2001

Esta capa assustadora dos ataques de 11 de setembro contra o World Trade Center se tornou a edição mais vendida da história da People.

4 – Glamour – Agos/1968

Katiti Kironde foi a primeira mulher negra a figurar na capa de uma grande revista feminina norte-americana.

3 – The New Yorker – Mar/1976

Saul Steinberg criou esta ilustração que representa como os nova-iorquinos viam o mundo.

2 – Life – Agos/1969

Esta capa da Life foi feita em homenagem ao primeiro pouso lunar tripulado, ocorrido em 20 de julho de 1969. A edição especial foi lançada três semanas depois.

A edição também ajudou a convencer quem ainda tinha dúvidas da ida do homem à Lua, já que tinha textos e imagens esclarecedoras, numa época em que a internet era apenas um sonho.

1 – National Geographic – Jun/1985

A imagem de Sharbat Gula, a garota afegã que vivia em um campo de refugiados ao longo da fronteira do Paquistão, tornou-se a capa mais famosa da National Geographic em seus 125 anos de história.

Steve McCurry captou o olhar assombrado da garota. Sharbat teve sua aldeia bombardeada, seus parentes mortos e caminhou pelas montanhas durante semanas antes de chegar ao acampamento.

Redação Adnews

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Post anterior

Anderson Silva será dublador de animação no canal Gloob

Próximo post

Facebook deve lançar ferramenta de pagamento móvel

Posts Relacionados